sábado, 7 de abril de 2012

A rosa não mora mais aqui







Imagem deixada em um jardim,
Mancha de cor
Que aos poucos, se vai,
Deixando de si
Um perfume
Que se esvai...

Nem um som,
A não ser o das asas das borboletas,
A não ser
O beijo do vento
Que ela recebe
E deixa ir...

Uma mancha de cor,
Um perfume suave
Que, ao chegar,
Já cheira a adeus...

Não venha amanhã, venha já!
Vem olhar a rosa,
Pois ela já quer se desfolhar!
Vem olhar a rosa,
Esquece a lida,
Esquece a prosa,
Vem colher poesia
De suas pétalas macias!...Porque... depois,

A rosa não mora mais aqui,
Ela se foi para sempre,
Embora nos deixe as sementes...




Um comentário:

  1. Deixe a rosa aonde está, não colha a rosa, deixe a rosa aonde está até que se vá.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

AMANHECEU

Amanheceu novamente Sobre as igrejas e telhados dos que ainda dormem E dos que jamais despertarão. Amanheceu sobre as p...