quarta-feira, 25 de abril de 2012

FACES VIRTUAIS



Tinha mil e uma faces,
E personalidades,
Todas elas, verdadeiras.

Era o deus que criava
Seus personagens,
Distribuindo-os pelo mundo...

Apaixonavam-se,
Odiavam,
Matavam,

Morriam...

Causavam dores e espanto,
Alegrias e surpresas,
Faziam amigos
E inimigos...

Tocavam vidas,
Depois, sumiam
E renasciam
Com outras faces.

A quem com eles
Se envolvesse,
Sobrava apenas
Um grande vazio,
Pois eram pó
E ao pó, voltavam!

Quantas almas cabem
Dentro de um só ser?
Ficará sabendo
Quem pagar para ver...

E eu, de um canto,
Assisto a tudo,
E não entendo
Não compreendo,
Quem é real
No virtual!

*******************

3 comentários:

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

AMANHECEU

Amanheceu novamente Sobre as igrejas e telhados dos que ainda dormem E dos que jamais despertarão. Amanheceu sobre as p...