terça-feira, 10 de abril de 2012

Inocência










A inocência 

Deixou o mundo

No último trem

Da fantasia.




Levou consigo

Muita alegria,

E um bom pedaço

Da tal magia.




Ouvi dizer

Que atrás de si

Ela esticou

Um longo fio...




E deu-lhe o nome

De esperança,

(Só a alcança

Quem acredita).





5 comentários:

  1. Bom Dia Ana.Concordo contigo.A Esperança nunca vai morrer assim como os sonhos,mas precisa crer para acontecer.Parabéns.Bjus\Flor*

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Ana!! E que essa esperança esteja sempre presente no coração de todos nós.Ótimo dia pra vc.Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Sou passageiro no trem da fantasia, passageiro todo dia, tenho cadeira cativa e tratamento vip. Serve-me novelo a comissária que sempre olha para mim com olhar triste. Não consigo, nunca, pegar o fio da meada. Mas ela não desiste de mim, ainda. Vida é o nome da comissária.

    ResponderExcluir
  4. Linda,linda sua poesia,Ana!Amei!bjs e meu carinho!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Até um Dia!

Olá, pessoal! Por motivos pessoais, estarei fora da rede durante alguns dias. Volto em breve! Abraços! ...