xmas

Free background from VintageMadeForYou

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

VOCÊ ESTÁ SENDO VAMPIRIZADO?








BOM DIA A TODOS!

ESPERO QUE ESTEJAM SE SENTINDO MUITO BEM; MAS SE NA SUA VIDA O CANSAÇO, O DESÂNIMO E AS COISAS ANDANDO QUASE SEMPRE PARA TRÁS TEM SIDO UMA SITUAÇÃO CONSTANTE, PODE SER QUE VOCÊ ESTEJA SENDO VÍTIMA DE VAMPIRISMO...

Este é o assunto do Espiritualidade na Lata desta semana:

O que é vampirismo astral, e como acontece? Como livrar-se deste acesso não permitido?


Siga o link e descubra.






Lembre-se de 'gostar' e se inscrever no canal!

Grata!







terça-feira, 27 de agosto de 2019

Fim do Mundo







O mundo acaba e recomeça, 
Todos os dias
Em tsunamis de palavras
Escritas e faladas,
Pensamentos displicentemente jogados
Feito lixo
Sobre nossas calçadas,
Vozes mentirosas que se sobrepõe
Às vozes caladas.

E mais um dia se deita
Sobre as cabeças desatentas,
Comandadas por virtudes distorcidas,
Terremotos de ideias equivocadas
E meteoros gigantescos
De impacto profano.

E mais um dia se levanta,
Sobre as mesmas cabeças indiferentes,
Insipientes sobre as mínimas coisas,
E que mesmo assim, carregam o giz
Que escreve nas louças
Das mentes vazias e afoitas.

E tudo o que resta de bom
Ainda tenta sobreviver,
Tudo se arrasta sobre essa lama
Tentando deitar raízes cada vez mais finas
E mais  esparsas
No meio dessa infame trama,
Lançando uma voz cada vez mais fraca
Por sobre as gritantes matracas
Dessa infame subtrama.





sexta-feira, 23 de agosto de 2019

#somostodosamazonia e Outras Hipocrisias

Minha montanha, ainda verde



Há algumas semanas, abri a minha janela e deparei com um cenário triste: a montanha da Pedra do Retiro, que mostra uma paisagem maravilhosa, estava em chamas. Ninguém sabe como o fogo começou, embora a maioria dos incêndios florestais por aqui seja criminosa e provocada por pessoas irresponsáveis que pretendem apenas se divertir soltando balões e fazendo fogueiras pelo simples e mórbido prazer de “ver o mato queimando.” 

O fogo durou três dias, e hoje, quando abro a janela, ao invés de ver uma montanha coberta de bromélias e pontilhada por árvores, com pássaros voando em volta do pico, eu vejo um monte de pedra nua e escurecida pela fuligem. 

Todo ano é a mesma coisa: centenas de quilômetros de florestas são queimadas, e centenas de animais sofrem uma morte dolorosa, tanto aqui no Brasil quanto em países do primeiro mundo. Vimos os incêndios na Califórnia que queimaram mansões e desalojaram centenas de pessoas; o mesmo aconteceu em países como Portugal, Grécia, Suécia, Finlândia e França, em julho de 2018. Quem duvida, siga o link da própria Folha de São Paulo: 


De repente, todo mundo virou ativista em defesa da Amazônia. Pessoas que nunca deram a mínima para o problema, que se arrasta tristemente há muitos e muitos anos, postam nas suas redes sociais fotografias (mesmo que sejam de incêndios que aconteceram no passado e cujo fotógrafo já morreu há anos) de incêndios e animais queimados. Países europeus, que são famosos por terem reduzido suas florestas a quase zero, clamam em entrevistas que “Precisamos salvar a “nossa” Amazônia" – como se ela pertencesse a eles. 

ONGS que foram estabelecidas apenas a fim de monitorar nossas riquezas e mapear a floresta a fim de atenderem a interesses de exploração internacionais, fazem pirraça ao verem suas fontes de renda secando. 

Nos dias de hoje, o Amazonas possui nada mais, nada menos que quinze barragens de mineração- informação colhida no site Porta da Amazônia - http://portalamazonia.com/noticias/amazonas-possui-15-barragens-de-mineracao-saiba-onde-ficam . Mas ninguém liga para isso, não é?

Todos sabemos que tais barragens implicam na construção de barragens de rejeito, semelhantes as que causaram os acidentes em Mariana e Brumadinho. 

Vejam este trecho de uma reportagem publicada em 2003, no governo de Lula, no site A Nova Democracia:

“ Em dezembro de 2002, um geógrafo e dois engenheiros agrônomos enviaram um Manifesto ao Presidente da República eleito, Luiz Inácio Lula da Silva *, para denunciar o saque de nossos recursos florestais, a descaracterização do planejamento regional amazônico, o interesse e atuações das NGOs - No Governamental Organizations (ONGs - Organizações não governamentais) e suas subsidiárias do Brasil. Fazendo eco às denúncias da Frente Parlamentar em Defesa do Brasil e da Federação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aquaviários e Afins (FNTTA), publicada em A Nova Democracia no5 (dezembro/2002), os autores do manifesto-denúncia conclamam a retomada do processo decisório pelo governo, na salvaguarda da soberania e do desenvolvimento nacional.

Da mesma forma, há exigências para o estabelecimento de legislação específica, visando o acompanhamento sistemático das ações das Ongs , transnacionais ou não, em território brasileiro, a partir da apuração dos fatos e em função dos depoimentos prestados à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga, no Senado Federal, denúncias e irregularidades por força da atuação dessas organizações.**

Registros de saque e pirataria da floresta amazônica, nesta última década, vêm estarrecendo a opinião pública brasileira e mundial. A tal ponto que até mesmo os meios de comunicação refratários às denúncias sobre o entreguismo não mais podem evitar o assunto — embora possam atenuá-lo — como o "Jornal Nacional" da Rede Globo, no dia 7 de dezembro. Naquela data, foi necessário dar destaque à pilhagem de madeiras em São Felix do Xingu, no valor de 300 milhões de reais, sem contar os imensos danos causados à natureza. Em particular às reservas de grande biodiversidade.

Ocorrências assim revelam mecanismos bem definidos. Dela participam múltiplos interesses com "o respaldo ativo do aparelho de Estado" e conexões internacionais.”


Isto prova que o problema é muito antigo, e começou no governo daqueles que hoje acusam o atual Presidente da República recém-eleito, Jair Bolsonaro, de mandar queimar florestas e matar animais. Pessoas irresponsáveis, que não se dão ao trabalho de ler e pesquisar antes de acusarem pessoas sem terem provas; pessoas que engolem sem água e sem olhar tudo aquilo que uma esquerda cansada e cansativa lhes empurra goelas abaixo. 

Isso muito me entristece, pois é a prova viva de que estas pessoas não evoluem e não aprendem, mesmo diante do óbvio. Vivemos em um país onde apenas o pior é alimentado, ressaltado, incentivado. Para ajudar, não tem quase ninguém, enquanto que os críticos acéfalos teleguiados por controle remoto, cujo único botão fica à esquerda, surgem a todo momento, a fim de espalharem fake news e tentarem destruir o país onde eles próprios estão vivendo, desde que seja “pela causa.”

Mesmo que eu não concorde com tudo o que faz ou diz o Presidente da República democraticamente eleito pela maioria dos cidadãos brasileiros, inclusive eu mesma, é ele que está lá no poder, tomando as decisões e tentando circular pela lama negra da corrupção sem cair nela. Ele tem feito coisas que nunca foram feitas antes aqui no Brasil. Está enfrentando gente perigosa, já teve a própria vida ameaçada, e tem tido a vida de sua família ameaçada em redes sociais o tempo todo, e mesmo assim, continua lá, tentando fazer o seu melhor. Assisti a um vídeo onde um homem dizia que ia “pegar” a filha dele, inclusive, citando o nome da menina. Não sei o motivo de tanto ódio dirigido a uma pessoa que está lá porque lá foi colocado pela escolha da MAIORIA!

Tenham ao menos um pouco de respeito – se não o tem por ele, que seja pela inteligência da maioria do povo brasileiro. 





terça-feira, 20 de agosto de 2019

Dia da Fotografia



Ontem foi o Dia da Fotografia, e eu me esqueci dele. Além disso, estive ocupada o dia todo, e não pude dar atenção às coisas virtuais como eu pretendia. Assim, deixo aqui alguns registros fotográficos que tenho feito aqui do meu mundinho, em homenagem a este dia - que já passou. mas as imagens ficam!









































sexta-feira, 16 de agosto de 2019

COINCIDÊNCIAS OU SINCRONICIDADE?









Não acredito muito em coincidências... por exemplo, eu às vezes tenho algumas intuições que, quando não as sigo, acabo cometendo um erro ou atraindo para mim uma consequência nada saudável. 

Mas quando eu sigo  a minha intuição, atraio sincronicidade: se eu estou precisando de algo, alguma coisa me leva naquele caminho ou me traz alguém que pode me ajudar - ou seja, uma energia puxa a outra.

Neste vídeo que acabo de postar em meu cana ESPIRITUALIDADE NA LATA, eu conto uma história e falo de uma série de coincidências cheias de sincronicidade que ocorreram na época em que eu e meu marido compramos nossa casa. Eis o link:







quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Translucidez









Translúcido dia
Paisagem leitosa
A lágrima desce
No rosto da rosa.

Pinheiros e cedros
Se alinham tão sóbrios,
Um cheiro bem fresco
No dia sombrio.

Um pouco de frio,
Um coração ébrio
Um peito vazio
De festa ou de tédio.

E eu vou passando,
E tu vais passando,
As nossas histórias
Nos véus da memória.

E o véu se desfaz
Por entre a neblina,
Translúcidos dias,
Translúcidas vidas.





quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Como Começar a Construir Frustações


Daí, de repente você olha as pessoas perfeitas do comercial de TV e começa a pensar...


Então... o Youtube está cheio de personal coaches e spiritual coaches . Até eu abri meu canal por lá, o Espiritualidade na Lata - sendo que não o fiz para tentar colocar nada na cabeça das pessoas, mas para tirar certas coisas que às vezes entram e tornam as nossas vidas miseráveis sem motivos reais. 

Sempre sinto um calafrio na espinha quando assisto a vídeos onde os coaches afirmam o seguinte: "Você pode tudo! Se ainda não atingiu o seu potencial e conseguiu tudo o que quer, é porque está no caminho errado." Bem, eu concordo até "Atingir o potencial." Todos nós temos potencial para fazermos muitas coisas, baseados em nossos talentos e esforços pessoais. Mas quando chega na parte do "conseguir tudo o que quer," eu tenho minhas resistências... ninguém pode conseguir tudo o que quer, e faltar alguma coisa na vida é algo comum a todos nós. O problema é onde focamos: no que nos falta ou no que temos? No que podemos conseguir (nossos sonhos possíveis) ou em objetivos intangíveis?

Vejo pessoas dedicando seu tempo e suas vidas a tornarem-se algo para o qual não têm o talento necessário. Com esforço, até poderão chegar lá - mesmo que não se tornem realmente bons no que fazem -, mas valerá a pena, quando poderiam focar em um talento natural e atingir o seu total potencial ? Um bom exemplo sou eu mesma: quando criança, queria ser bailarina. Até consegui entrar para uma escola de jazz, mas eu era tão ruim, que dava pena.

O tempo passou e pensei em tornar-me cantora; até que eu canto direitinho, mas não sou e  nunca serei uma cantora talentosa, com um dom natural, e mesmo que nos dias de hoje haja muitos cantores que não cantam, prefiro ser uma professora de inglês que sabe ensinar inglês muito bem a uma cantora que engana bem. Posso cantar no banheiro, onde não incomodo ninguém.

Ok, eu creio na força do pensamento; mas não creio na força da teimosia. Existe um momento para parar de tentar quando batemos a uma porta que não quer se abrir. Se já tentamos outras estratégias, então é a vida que está impedindo que a porta seja aberta - talvez para nos livrar de um grande engodo ou sofrimento. Vamos bater à porta seguinte. Mas tem gente que fica batendo à mesma porta a vida toda, e se tornam frustrados e infelizes, daquele tipo de gente que está sempre reclamando e invejando o que os outros têm. Triste...

Há coaches e líderes espirituais que vivem a dizer a pessoas que estão doentes que, se elas não se curaram ainda, é porque estão fazendo alguma coisa errada. Mas quando eles mesmos adoecem, ao invés de usarem a força do pensamento positivo, vão se tratar no Copa 'Dor. Muito fácil chegar para alguém que more em uma favela e ganhe um salário por mês e dizer que ele pode fazer tudo; mas é necessário explicar também que sem trabalho duro e dedicação, sem contornar obstáculos, vencer preconceitos e fazer um trabalho hercúleo a fim de superar suas limitações, ele não chegará a  lugar nenhum. Nem todos estão dispostos a tais sacrifícios, porém. Mas isso não significa que não possam ser felizes do seu jeitinho.

Li certa vez a chamada para um livro que ensinava como tornar-se milionário antes dos sessenta anos. Ao ler o livro, vi que se tratava de sacrificar toda a sua juventude a fim de desfrutar de tal conforto em idade avançada (sendo que não há nenhuma garantia de que você de fato chegará lá): "Pare de tomar cafezinhos," o livro sugeria, mostrando o quanto se economiza em vinte anos se pararmos de tomar café. Também sugeria não comprar roupas novas, mas apenas em bazares, não viajar, não dar presentes caros, economizar na comida, morar em um lugar bem abaixo do que seu salário pode pagar, guardar a maior parte do dinheiro que ganhar, casar com separação de bens, etc...

Notou que, a fim de ser um milionário antes dos sessenta, você precisa desistir das melhores coisas da vida e da maioria dos prazeres da juventude?

Vão catar coquinhos. Eu quero tomar café e sorvete, almoçar em restaurantes de vez em quando, viajar, gastar meu dinheiro em livros, roupas, coisas bonitas para a minha casa, presentes bonitos para quem eu amo, enfim, eu quero mais é viver! Bem, eu não ficaria triste se me tornasse uma milionária, mas desde que eu não tenha que viver uma vida miserável durante anos e anos para conseguir.

Meus sonhos são reais, meus objetivos são tangíveis. Quero as pequenas coisas, as médias, e de vez em quando, as grandes coisas da vida. Estas últimas vêm como um presente quando a gente merece e sabe agradecer.


ps: Hoje tem postagem nova no meu blog de Tarôt! Com esta postagem, finalizo os 22 Arcanos Maiores.

Eis o link:


O CAMINHO DO APRENDIZ






Lula Livre?

Lula Livre? Gostaria de dizer o que me incomoda nesta frase. Não é bem a liberdade de Lula, mas a maneira como ela foi co...