terça-feira, 24 de abril de 2012

A Montanha



Lá do alto, a montanha observa a planície e as criaturas que vivem sobre ela. A montanha é altiva, e sabe-se objeto dos muitos sonhos dos que vivem na planície, mas ela não tem orgulho. Mas também não é condescendente com aqueles que desejam galgá-la: trata a todos igualmente, enviando tempestades quando tem que enviar, não importa em que ponto da escalada eles estejam.

Muitas vezes, ela manda um pouco de neve; em outras, um calor escaldante. Quem quiser vencê-la, precisa aprender a sentí-la, entender seus humores e basear sua escalada de acordo com eles. De nada adianta lutar contra o seu vento, a sua chuva ou o seu sol. É preciso adaptar-se a eles.

A montanha é linda, e alcançar o seu cume é um momento inesquecível; poucos conseguem, mas os que chegam lá, olham para baixo e tem uma nova compreensão sobre a vida. Uma nova visão e entendimento, muito mais profundos. Mesmo os que não conseguem chegar ao cume, mas ao menos, tentam a escalada, sempre aprendem alguma importante lição que levam consigo pelo resto da vida. Até aqueles que tentam e caem, perdendo-se no abismo, lucram mais do que aqueles que permanecem na segurança da planície.

A montanha não deseja ser decifrada; ela deseja ser aceita. Ela quer ser galgada, não por ambição, mas por amor. Amor puro. Ela não dá aos alpinistas nenhuma forma de garantia ou segurança. Ela só dá, a cada um, o direito ao próximo passo. O direito a ter esperanças. O resto, cada um terá que conseguir por si mesmo, com a ajuda da própria fé.

2 comentários:

  1. Cada vez que venho aqui me surpreendo com o layout ou com belíssimas poesias que tocam e arrepiam os pelinhos da perna, sensacional amiga!

    ResponderExcluir
  2. CADEIA DE MINDIM

    MONTANHA

    No
    Trilho
    O viver.

    No
    Cume
    O vencer!


    bjuuu

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Contas

Eram contas de um colar pesado, Sem brilho, um tanto funesto Que alguém usava em volta do pescoço Como uma forma de p...