segunda-feira, 23 de abril de 2012

Força & Coragem

 
Originalmente publicado no Recanto das Letras
 
 
Muitas vezes, quando vemos alguém passar por situações muito difíceis, dizemos: "Ah... ele é muito corajoso! Eu jamais conseguiria passar por isto" ou "Se fosse comigo, eu enlouqueceria..."

Mas se existe uma coisa que aprendi, é que todos nós somos capazes de passar por qualquer coisa. Por mais horrível ou difícil que ela seja. É que quando estamos vivendo coisas ruins, parece que tudo assume uma proporção verdadeira, e o que nos parecia intolerável, passa a ser tolerável. Estamos lá, vivendo aquilo, e não tem outro jeito. Não dá para fugir ou negar. Só nos resta aceitar e viver um dia de cada vez.

Força e coragem são palavras muitas vezes usadas para definir pessoas que consideramos mais fortes do que nós, e talvez até os vejamos como heróis; mas os heróis são feitos de carne e osso, e se pudessem escolher, não passariam por aquilo. Talvez a força e a coragem sejam apenas características intrínsecas em todos nós, que aparecem quando precisamos delas.
A força e a coragem que todos nós precisamos para atravessarmos momentos difíceis está dentro de cada um de nós, e ela vem para fora no momento certo. Acho que as pessoas que sucumbem, são aquelas que tiveram, a vida toda, alguém fazendo tudo por elas, poupando-as das dificuldades, protegendo-as de tudo. Estas pessoas não aprenderam a enfrentar as situações e a desenvolver sua força e sua coragem, pois tiveram sempre alguém que serviu de escudo entre elas e as dores do mundo; só que chega sempre o dia em que elas terão que viver e enfrentar as coisas sozinhas... e para estas pessoas, este momento pode ser muito mais difícil do que para aquelas que se acostumaram a assumir seu papel na vida.

De repente, a pior coisa do mundo pode acontecer a qualquer um de nós. E o que realmente importa, não é bem a coisa em si, mas a maneira como escolheremos para passar por ela. E sairmos vivos do outro lado.

Um comentário:

  1. Ninguém recebe mais daquilo que possa carregar...uma máxima perfeita. Não sabemos quanto podemos suportar, mas se as dores vierem, com certeza teremos a dimensão daquele desconhecido sentimento, e depois como encará-lo de frente, e seguir indo sempre. Com o tempo a gente muda e o primeiro olhar sobre o fato, não será mais o mesmo do momento. Perfeito.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Não Tenho Mais Nada Contigo

Estou escrevendo estas linhas  Só para deixar bem claro: Não tenho mais nada contigo. Teu rosto não faz mais figura...