terça-feira, 24 de abril de 2012

ESTAR





Estar aonde se quer
E ser, sem ser perturbada...
Esta é minha paz de espírito,
Da qual não serei lograda.

A estrada é muito larga,
E também tem muitas curvas...
Cristalinas poças d'água,
Mas algumas, muito turvas!

Há uma faixa bem no meio
Que divide as duas mãos:
Eu não piso no seu lado,
Nem você pisa no meu!

O acordo está fechado,
Eu aperto a tua mão...
O destino foi selado,
Você fica do teu lado,
Não ando na contra mão.

Um comentário:

  1. um tratado territorial... interessante que na convivência o fazemos constantemente em ações... bjuu

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Até um Dia!

Olá, pessoal! Por motivos pessoais, estarei fora da rede durante alguns dias. Volto em breve! Abraços! ...