segunda-feira, 23 de abril de 2012

NÃO CONCORDO!




Originalmente publicado no Recanto das Letras, e reeditado para este blog

"Não concordo!"

Quantas e quantas vezes dizemos esta frase? Inúmeras! Também, não somos obrigados a concordar com tudo, seja na área da política, religião, economia, ou sentimental. Cada um tem suas próprias opiniões, que são formadas ao longo de uma vida, tendo como base princípios de família, educação, preferências pessoais, enfim, o ambiente e o próprio ponto de vista de cada um sobre ele.

Podemos expressar as nossas opiniões, trocando idéias ensinar e aprender. Aprender, sim! Opiniões que não mudam, que não tem um olhar aberto sobre os acontecimentos, mas apenas aquela famosa atitude "É isso o que penso e pronto. Não mudo!", é retrógrada... mas mesmo os que pensam assim, tem este direito.

Eu mesma às vezes - tá bom, muitas vezes - sou meio-apaixonada ao dar minhas opiniões. Ms toda vez que ajo assim, EU ESTOU ERRADA! Todo mundo precisa aprender a discordar sem agredir. Respeitar o que o outro pensa, mesmo que discorde até o fim, ao invés de brigar e tomar uma opinião contrária como uma ofensa pessoal.

Gostaria, sinceramente de ter o pavio bem mais comprido e tentar fazer como alguém me aconselhou: "Não leve nada para o lado pessoal. Ignore toda e qualquer tentativa de discussão acirrada sobre qualquer assunto." Mas na hora "H", o sangue sobe à cabeça, e pronto...

Conselho: melhor controlar-se... certas discussões não valem à pena, pois são  desgastantes, ridículas, sem propósito, e além do mais, muitas vezes nem  sabemos quem é, de verdade, a pessoa do outro lado... isso pode gerar intrigas de proporções assombrosas, e perigosas. Enganos e mal-entendidos irremediáveis.

Pratiquemos um pouco de tolerância. E mesmo se for estritamente necessário mandar alguém para 'aquele lugar', façamos isso sem ficar trocando farpas indefinidamente.

Um comentário:

  1. é... sabe, uma coisa, aprendi naquele lugar que pra mim se tornou abominável e minha poesia nao merecia aquilo e quase a perdi por um dia ter achado que seria ali o lugar certo para depositá-la... hoje eu posso dividí-la em 3 fases: antes de ir praquele lugar///enquanto lá/// e depois daquilo... hoje posso dizer que estou recuperando o meu antes... fiquei entorpecida ali por conta de intrigas e provocações que, com as quais nao soube lidar e o 'sangue ferveu' falsificaram ate um email em meu nome - descobri há pouco tempo quando recebi email coletivo de um poeta de lá - imagino o que aprontaram... mas tive minhas vitórias sobre tais, que um dia contarei... mas hoje, na internet. ja aprendi um pouco... e, hoje,começou a se atrever, a encrencar, estou deletando com muito prazer... nao aturo mais, descobri que a internet é um ótimo mundo... voce se livra dos incômodos num click... fria, eu? não! encontrei certas gentes safadas, bandidas de verdade, maldosas, falsificadoras, enganadoras, nessa inter.... mas, estamos sujeitos se vivemos em evidência...agora fiquei chic, só dou um clic... quem dera existisse essa opção na vida real... rsrs bjuu

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

AMANHECEU

Amanheceu novamente Sobre as igrejas e telhados dos que ainda dormem E dos que jamais despertarão. Amanheceu sobre as p...