sexta-feira, 13 de abril de 2012

ÁGUA









Água boa, de mina

Limpa, cristalina

Que desce, em sussurros

Por entre as pedras

Lá na mata,

Sobre o limo,

Entre as folhas,

Sob as asas...




Água cheia de vida,

Gotas cheias de luz

Que cintilam ao sol

E refletem o céu,

E se jogam

Por inteiro

Nas cascatas...




Água purificada

Onde moram Ondinas

Sereias e Iaras

E botos rosados

Peixes falantes

De corpo nacarado

Que atraem

E afogam

Meus olhares...




Água, vem pelos canos,

Cai na minha torneira,

Encha copos e cântaros,

E escorra no alpendre

De minha casa,

No telhado

De duas águas...



2 comentários:

  1. Do reino das águas claras, clareia águas, o lar sob as duas águas.

    ResponderExcluir
  2. água... sede... do corpo... da alma... bjuuu

    MINDIM PARA ANA BAILUNE

    Mina...
    agua
    limpa.

    CADEIA DE MINDIM PARA ANA BAILUNE

    Mina
    D'agua
    Pura

    Que
    Desce
    Pra mim

    Cheia
    De
    Vida

    Entre
    Pedras
    E folhas

    Seres
    De Luz
    Olham

    Minha
    Casa
    E alma

    by Luna Di Primo
    14ABR2012



    desce

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Ah, os Italianos! - Parte II

Pôr do sol em Florença... jamais esquecerei. Continuação do texto anterior LIXO – Quando fui jogar o lixo fora pela pri...