segunda-feira, 9 de abril de 2012

O que nos Aguarda?






Dormi mal... fruto dos muitos chocolates que ingeri ontem e nos dias que antecederam a Páscoa. Para completar o quadro, acordei às quatro da manhã com minha cadelinha chorando na porta da sala. Levantei-me para ver como estava, e ela andava de um lado para o outro, aflita, choramingando sem parar. Apertei os seus ouvidos, tentando identificar alguma dor, e com algodão embebido em álcool, limpei-os, mas não achei nada de anormal. Dor de ouvido descartada, fui verificar o canil; será que tinha algum bicho por lá? Negativo... Apalpei-lhe as costas. Nenhuma marca ou calombo que indicasse picada de algum inseto ou aracnídeo. Acho que ela pode ter tido um pesadelo... estava muito nervosa, respiração ofegante, andando de um lado para o outro.


Bem, fiz-lhe um pouco de companhia, dei-lhe leite morno para beber e ela se acalmou. Voltei para a cama às cinco da manhã, e levantei-me às seis. Verifiquei meus emails, e daqui a pouco, estarei preparando minha primeira aula do dia.


Pelo menos, isto é o que planejo fazer, porque, na verdade, não sei o que me aguarda. Você sabe? 

Lidar com a imprevisibilidade da vida nem sempre é agradável. Planejei dormir uma boa noite de sono, e não pude. Claro, em parte, por consequência de meus próprios atos. Há muito, decidi que fazer planos muito rígidos é o mesmo que submeter-se à constantes frustrações. Planos devem ser traçados, mas sempre com certa abertura, e compreensão de que, nem sempre, aquilo que planejamos se dará como queremos. A vida pode nos surpreender logo ali, ao virarmos a esquina.


Lembro-me de algumas vezes em que aquilo que eu planejei, tomou caminhos completamente diferentes, e do quanto eu me lamentei, na época. Para logo depois, compreender que, se as coisas tivessem saído exatamente como eu tinha planejado, teriam sido um desastre... a vida e sua imprevisibilidade me salvaram de mim mesma.

Por isso mesmo, por pior que sejam as coisas, acho que é sempre bom acreditar em uma sabedoria maior, que nos guia no caminho certo sempre que o permitirmos.



3 comentários:

  1. Interessante que ontem assisti pela primeira vez a série "Touch", no canal Fox, e a interligação dos acontecimentos é bem explicada, de forma internacional e inteligente. Dá um certo conforto aceitar o destino. Hoje tem, as 22 horas, ou pelo computador.

    ResponderExcluir
  2. ...tudo é resultado de uma ação ou falta dela, não importando aí, o fator tempo. bjuuu de semana de sucesso.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Ana, realmente não sabemos o que nos aguarda, o bom da vida é isso, fluir com ela, e se aparecerem imprevistos vamos resolvendo, com garra e coragem.
    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Até um Dia!

Olá, pessoal! Por motivos pessoais, estarei fora da rede durante alguns dias. Volto em breve! Abraços! ...