sexta-feira, 15 de março de 2013

Pouso




Veio um passarinho, e pousou na varanda
E pousando, cantou duas vezes,
Depois, voou...

Gosto de pensar que foi um presente,
Pois eu pensava em ti.

Gosto de pensar que estás em teu quarto,
Gosto de pensar que estás ao alcance
De um telefonema,
Ou que, ao abrir o portão de casa,
Depararei com teu rosto
E te abraçarei,
E estarás sorrindo,
Vestida com teu casaquinho vermelho.

Gosto de pensar, mas eu sei
Que eu hoje só te vejo
Ao olhar-me no espelho.


7 comentários:

  1. Melancolia e beleza se misturam...
    Perfeição!!!

    Abraços de luz e paz.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo,talvez a veja na ponte de luz dos corações de voces.
    Bjus\duplos\Flor*Emocionante Ana,

    ResponderExcluir
  3. Ana, como é doída a saudade! Seu poema emocionou-me.

    ResponderExcluir
  4. Saudade de quando era menina?Bonita demais sua poesia!bjs,

    ResponderExcluir
  5. Ana, que coisa linda! Gostei muito. Sensível e inteligente.
    bjs
    Manoel

    ResponderExcluir
  6. Ai.... Que lindo!!!
    Fez-me lembrar minha adolescência! rsrsrs
    Eu gostava muito de ler poemas como esse naquela fase, e continuo gostando, é claro!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Não Tenho Mais Nada Contigo

Estou escrevendo estas linhas  Só para deixar bem claro: Não tenho mais nada contigo. Teu rosto não faz mais figura...