sábado, 2 de março de 2013

Nefasta





Arrasta, infeliz,
Anos e anos
De solidão...
Tenta ganhar asas,
Mas o voo que anseia,
Não sai do chão!

Nefasta,
Sua filosofia asceta
Agora, está mais que gasta!

Poeira seca
Suas palavras,
Toda a verdade
Sobressaída 
Como um engaste
Sobre a sua vida!

Nefasta,
Cobre e descobre,
Finge que vive,
Quando só morre!

Palavras más,
Balbuciadas
Por uma boca
Tão malfadada!...

Sob o olhar 
Benevolente,
Se escancara
O escárnio, a injúria
Ainda quentes!

Nefasta,
A mim, não engana...
Basta!

*

Um comentário:

  1. Bom dia minha linda !!!!
    Bom final de semana !!!!
    Emanas sempre bons poemas...
    bjsssssssssssssssssss

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Até um Dia!

Olá, pessoal! Por motivos pessoais, estarei fora da rede durante alguns dias. Volto em breve! Abraços! ...