quarta-feira, 6 de março de 2013

Meu Amigo Charlie Brown



Há muito tempo,
Cantou-te Benito:
"Meu amigo Charlie..."

E ele nem sabia
Que era você!

*

 Se você quiser,
Vou lhe mostrar
Que a sua vida
Podia ser boa...

Se você quiser, 
Vou lhe mostrar
Que a poesia
Não há de acabar.

Se você quiser
Vou lhe mostrar
Que as águas passam
Qual rios chorados...

Se você quiser
Vou lhe mostrar
Que a morte não cura
Um peito fechado.

Meu amigo Charlie,
Descanse em paz
Deitado, feliz
Sobre o teu telhado.

(Ficamos Snoopies
De rabos cortados.)


Para Chorão



5 comentários:

  1. Adoreiiiiiiiiiiiiiii......bjks da M.Thereza/Thê

    ResponderExcluir
  2. :-)
    fez-me muita companhia!

    Posta a receita do bolo com farinha de rosca (= pão ralado, será?)
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Que linda homenagem póstuma, Ana Bailune! Eu gostava muito do Chorão. As letras de suas músicas não eram obscenas, havia amor, protesto e poesia. Fará muita falta, embora artista não morra nunca. Sua lembrança será eterna. Beijoquinhas

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Ana
    que bonita homenagem ao Chorão. Ficou muito lindo. Gostava dele, sim!E do Charlie Brown.
    Torcedor fanático , como eu, do Santos.
    Boa noite de quarta feira
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. eu já tinha lido no face...essse final foi apoteótico! adorei! beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Até um Dia!

Olá, pessoal! Por motivos pessoais, estarei fora da rede durante alguns dias. Volto em breve! Abraços! ...