segunda-feira, 11 de junho de 2012

Tabu



Não fales da morte, nem fales do Mal,
Exalte as flores, a beleza, o sol,
O resto, é tabu,
Negativismo,
Vontade de aparecer!

Esqueça e ignore
O Lado do Avesso de tudo,
Como se houvesse apenas
Verniz, perfumes, azuis
Adornando as cenas.

Finja que o preconceito morreu,
Que o mundo não é o que é,
E que  aquilo que te cerca,
Não te cerca, não influi!

O mundo é todo cor-de-rosa,
Macio e doce como marshmellow,
E coisas ruins só acontecem
A pessoas ruins!

Quem é bom, não morre,
Não fica doente,
Não perde o emprego,
Tem sempre dinheiro,
Não tem depressão,
Não chora por nada,
Tem tanto poder sobre a vida
Quanto o próprio Deus!

Quem é bom, não tem câncer,
Não faz inimigos,
Não é atacado,
Não é perseguido,
Vive extasiado
É bem-sucedido!

Já eu acredito que há mais,
Muito mais,
Por trás das cortinas da certeza
E do horror que alguns sentem
De tudo que fica escondido
Sob o selo dos tabus...


4 comentários:

  1. Que bom seria se houvesse justiça, que "quem é bom ..." não sofresse.
    Gostei muito do seu discurso, muito!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Na boca de quem não presta quem é bom não vale nada. É isso, Poeta! É esse o diferencial, você fala com vigor e audácia, a gente até sente a vibração. A felicidade vem dos rios jovens, intempestivos, velozes, audazes, nunca de um lago, ainda que azul e muito simpático. Seus versos são rios jovens, cheios de vigor e beleza.

    ResponderExcluir
  3. nao ha ninguem bom, isso é tabu tbm ... o bom e o mal vem pra todos na hora q tiver q vir dependendo muito tbm da atitude de cada um porq tem pessoas q procuram o mau o tempo todo ... ótimo poema reflexivo . olguinha

    ResponderExcluir
  4. Quando a ironia se faz poética, o lírico da omissão deixa-nos sempre meditativos.

    É a política da avestruz, que enfia a cabeça no buraco da savana, achando que, se não vê mais o caçador, é porque o perigo não mais existe.

    Excelente!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

AMANHECEU

Amanheceu novamente Sobre as igrejas e telhados dos que ainda dormem E dos que jamais despertarão. Amanheceu sobre as p...