terça-feira, 5 de junho de 2012

A Mágoa



A mágoa
É um sentimento que afoga
O magoador  em densas águas
Feitas de ondas bravias...

Não há resgate
A quem cause mágoas...

A mágoa
Pode arranhar um carinho,
Perturbar um silêncio
Provocar maremotos
Em calmas águas...

Que Deus me livre
De causar ou de sentir mágoas...

E se um dia eu for tomada
Pela força destas águas
Magoadas,
Que eu afogue as lembranças,
Que eu acalme essas ondas
Antes do naufrágio
Da minha frágil fragata.

6 comentários:

  1. Mágoa é um sentimento que não faz bem.Mesmo assim, ganhou linda poesia! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo texto. O ideal (em relação as mágoas) é esse de que você fala (no texto): Afogar lembranças de coisas que recordem a existência de mágoas. Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Ana,muito linda poesia!Mágoa é um sentimento que só atrasa a vida!Bjs,

    ResponderExcluir
  4. Uma mágoa bailando entre rimas num vendaval de maré...Que o magoador não se afogue! MUITO LINDO ANINHA! Beijo.
    Ivany

    ResponderExcluir
  5. é... a mágoa é um turbilhão de coisas ruins... obrigada por ter ido à minha entrevista, muita gentileza sua aceitar o convite... bjuuu

    ResponderExcluir
  6. Mágoa, não imaginava que você não as tivesse. Indignação, não sei, talvez seja a palavra, e que é algo infinitamente melhor do que ter mágoa. Como sempre, tudo que você toca tem a sua marca registrada. Parabéns Poeta e Escritora!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

AMANHECEU

Amanheceu novamente Sobre as igrejas e telhados dos que ainda dormem E dos que jamais despertarão. Amanheceu sobre as p...