segunda-feira, 11 de junho de 2012

Enfrentando Velhos Ditados ao Pontapé da Letra




Minha mãe sempre dizia: "Melhor dividir um filé do que comer um bofe sozinha!" Mas eu confesso que não concordo muito com ela. Querem saber? Não concordo nada! Eu preferiria dividir o filé, mas na impossibilidade, não me importo em comê-lo sozinha. Quanto ao bofe, nem pensar! Este, eu deixo para quem quiser dividir. E finalizando: este velho ditado não tem nada a ver com  marido. Marido, eu não divido. Pelo menos, não de livre e espontânea vontade e conhecimento de causa.

"Água mole em pedra dura, tanto bate, até que fura!" Ah, pode até ser, mas leva tempo, muito tempo, e será que vale a pena esperar? E talvez, água mole em pedra dura só venha a dar limo, a longo prazo, tornando o terreno bastante escorregadio... melhor partir para outra ou mudar de tática! E gente insistente demais, pode vir a ser considerada chata.

"Uma andorinha só não faz verão." Será que não? Do jeito que a coisa anda feia, com o meio-ambiente sendo destruído, acho que no futuro, ficaremos muito contentes se houver uma andorinha só que nos faça o verão. Os que sobreviverem, verão!

"Cada qual com seu igual!"  Pode até ser, mas o que seria da humanidade se não fossem as diferenças? Vocês já pensaram no quanto seria chato, extremamente chato, se todo mundo pensasse igualzinho a você? Para onde, a criatividade, a diversidade, o colorido? Bem, ainda existem pessoas que creem na igualdade e  a pregam. Deixa elas...

"Para frente é que se anda." Bem, acho que disseram isso antes de inventarem os carros e a marcha-ré.  Muitas vezes, é preciso dar alguns passos para trás, a fim de examinar velhos conceitos, aprender lições e escolher novos caminhos. Aí sim, depois, poderemos continuar andando para frente. Concordo com Santayana (e confesso que não faço a menor ideia de quem foi ele): "Quem não se lembra do passado, está condenado a repeti-lo."

"O cliente tem sempre razão."  Já passei poucas e boas por causa deste velho ditado! O cliente não tem sempre razão, o chefe nem sempre está certo, e a gente tem que fazer com que eles saibam disso! Melhor perder um cliente chato e reclamão do que ter que ficar fazendo concessões o tempo todo. Da mesma forma, prefiro perder um emprego a matar minha alma.

"Ouça a voz da experiência." Um útil conselho, mas tomemos cuidado! Quando a voz da experiência só serve para nos dizer  porquê nossos planos fracassarão, está na hora de mandá-la catar coquinhos. Com todo respeito. Ouvir a voz da experiência não pode, jamais, significar nem tentar. Antes, ouçamos os que falharam, aprendamos através das falhas deles e estudemos novas abordagens! Muitas vezes, a voz da experiência só quer que todos sejam fracassados como ela, para que ela se sinta melhor.

"Um amigo verdadeiro é aquele que estará sempre com você nas horas ruins!"  Pode ser; mas maior amigo, é quem consegue suportar o seu sucesso!

"Amanhã vai ser outro dia!" Vai sim! E corre o risco de ser igualzinho ao que passou, se você só ficar sentado nessa cadeira com esse traseiro pequeno/médio/gordo, repetindo sempre este refrão!

                             

                                      *  *  *  *  *  *  *   *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *


Ps 1 - Sugestão de Ysolda Cabral: "Nem tudo que reluz, é ouro!" É mesmo, e nem tudo que é opaco, é sem valor... mas a maioria de nós não tem dinheiro para pendurar ouro em nossos pescoços e orelhas, então, ficamos com aquilo que reluz, e não é ouro. Bem, ficou uma droga. Alguém tem uma sugestão melhor?

PS 2 - Sugestão de Ana Toledo: "Nem tudo que balança, cai!"  Ah, não? Espere e verás! Quando as mulheres andam, existem várias partes de seus corpos que balançam um pouquinho, quando elas são jovens;isto é, se não estiverem cheias de silicone. Um dia, acabam caindo, obedecendo à velha Lei da Gravidade (eu te odeio, Newton!). Mas também existe uma parte do corpo masculino da qual os homens muito se orgulham, e que também balança quando deixada livre, e fatalmente, um dia, também cairá. Já sabem qual é? Isso mesmo! O cabelo!


















12 comentários:

  1. Ana,que inspirada sua ideia!Cada ditado bem analisado, de forma inteligente e bem humorada!Adorei!bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  2. hahahahha, voce desmontou e de forma convincente os ditados tão nossos conhecidos, gostei, valeu (estou de ferias do Recanto, depois eu volto, sim parabéns para a turma dos cavaleiros do apocalipso, humor de primeira) zélia freire

    ResponderExcluir
  3. Gostei dessa sua frase:
    "Um amigo verdadeiro é aquele que estará sempre com você nas horas ruins!" Pode ser; mas maior amigo, é quem consegue suportar o seu sucesso!
    Tenha um lindo dia!☻

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHHA CONSERTA AI O APOCALIPSO PARA APOCALIPSE

    ResponderExcluir
  5. Há outros, muitos outros para se destronar. Por exemplo: "Quem acende uma vela é o primeiro que se ilumina" - mas também, o primeiro que se queima. Tenho 20 "contraprovérbios" em um de meus livros, que não me lembro mais qual é. E faslando em livros, mande o seu para mim. Conta, valor, depois te mando comprovante de depósito. Fiquei sasbendo lá no Jô. Parabéns menina arteira. Abração, Cavaleira Apocalíptica Baluna. Preciso assinar aqui? Então segura aí: Marcelo Braga!

    ResponderExcluir
  6. Só faltou '' nem tudo que reluz é ouro'. (Risos) Adorei!!! Abraços

    ResponderExcluir
  7. Os ditados sempre me atraíram pelas metáforas que fazem de tudo.

    Diante do louco desta vida, porém, eu me divirto em misturá-los:

    "Água mole em pedra dura, o cego desconfia."

    "Uma andorinha só, tanto bate até que fura."...

    Não achei que seu texto ficou uma droga, muito pelo contrário.

    ResponderExcluir
  8. Poetisa destruidora de ditados. Quero ver você destruir o "nem tudo que balança, cai"....rss. Tem coisa que não cai mesmo.

    ResponderExcluir
  9. Muito boa esta coletanea Ana, poderia buscar mais alguns para uma postagem,vou lembrar alguns.
    Tinha lido um em Chica
    Gostei amiga.
    Carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  10. kkkkkkkkkk Ficou discreto.....A solução seria morarmos num planeta sem gravidade.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Mandrágora

Teu Nome – raiz de mandrágora Perpassando o meu caminho, Me fazendo tropeçar... Um dragão adormecido Em isolada cave...