segunda-feira, 4 de junho de 2012

A FELICIDADE É O CAMINHO








Existe uma padaria aqui em Petrópolis, na Rua 13 de maio, que sempre coloca alguma frase de efeito escrita a giz em um quadro, bem à mostra, para ser lida por quem está passando. É impossível não esticar a cabeça para fora da janela do ônibus ou do carro para ler a frase do dia, ou da semana. Às vezes a frase é longa e o ônibus passa rápido demais, então eu leio a segunda parte na volta.


Ontem, a frase lida era a seguinte: "Não existe um caminho para a felicidade: a felicidade é o caminho." Geralmente, eles não mencionam os autores da frase, portanto, mas alguém me disse que foi Gandhi. . 


Achei-a uma frase linda e verdadeira. Sempre temos a impressão de que devemos buscar alcançar coisas materiais ou espirituais a fim de obter a felicidade. Assim, acabamos tornando a felicidade apenas uma angustiante busca, que às vezes se revela infrutífera, já que a maioria das pessoas acha que só pode ser feliz "quando"... 


Acho que a felicidade não pode estar em lugar algum, a não ser dentro de cada um de nós. Através dela, podemos encontrar o restante: as coisas materiais e espirituais, necessárias para completar nossa vivência. Se não carrego comigo a felicidade, serei incapaz de apreciar um belo passeio, uma obra de arte, uma bela música, uma pessoa... quem é infeliz, não vê nenhuma graça na vida. 


Até mesmo para facilitar a cura de uma doença, a gente deve tomar doses diárias de felicidade. O pessimismo- tanto do doente quanto das pessoas que o cercam - só vai servir para agravar ainda mais o problema. Já presenciei muitas vezes, pessoas que se aproximam da cama de um doente com lágrimas nos olhos, mostrando piedade ou consternação, e quando elas se vão, o doente parece ainda mais doente. Outras, chegam contando as boas novidades, insulam otimismo, fazem sorrir. Quando se afastam, o doente sente-se melhor e dorme um sono tranquilo. 


Acho que sentimentos tem o poder de contagiar. Tanto para o bem quanto para o mal. Quem nunca sentiu dor-de-cabeça perto de alguém potencialmente infeliz ou negativo? Quem nunca sofreu o efeito de um "espalha-montinho", ou seja, aquela pessoa que chega em um grupo de outras pessoas que conversam animadamente e, em cinco minutos, todos parecem desanimados e se afastam, um a um? E quem não conhece alguém cuja presença é sempre requisitada, pois tem a capacidade de transmitir a paz a todo mundo? 


Vou repetir esta frase agora, ao final do texto, para que ela tenha realmente um efeito duradouro sobre você, que a lê: 


"NÃO EXISTE UM CAMINHO PARA A FELICIDADE: A FELICIDADE É O CAMINHO!"






PUBLICADO ORIGINALMENTE NO RECANTO DAS LETRAS

2 comentários:

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Até um Dia!

Olá, pessoal! Por motivos pessoais, estarei fora da rede durante alguns dias. Volto em breve! Abraços! ...