sábado, 20 de abril de 2013

Uma Pergunta Para Deus





Estava escutando "What if God Was One of Us" (E se Deus Fosse um de Nós). A canção  diz coisas como: "Se Deus tivesse um nome, qual seria, e você o diria diante de Sua face se estivesse cara a cara com ele? E o que você perguntaria, se tivesse apenas uma pergunta?"

Tenho certeza de que, pelo menos uma vez na vida, todo mundo já imaginou isso.

Daí, fiquei pensando nas possíveis perguntas que eu faria a Deus, como por exemplo, "Existe vida após a morte?" Bem, acho que Ele ia rir desta, já que se o próprio Cristo prometeu-nos a Vida Eterna, esta é uma pergunta bastante idiota. Bem, eu poderia perguntar por que estamos aqui, mas ah, já vejo Deus dando um longo suspiro e me olhando com aquela sua antiga cara cansada, como se fosse começar a ensinar equações de segundo grau a uma criança que, até hoje, aprendeu a contar de um à cem. Então, eu achei que poderia perguntar quem somos, de onde viemos e para onde vamos; mas imaginei a cena de Deus tentando ensinar um camelo a andar ereto, nas patas traseiras.

Querem saber? Se eu pudesse fazer uma pergunta a Deus, não faria pergunta nenhuma, pois acho que eu não ia entender a resposta, mesmo... então, se eu tivesse mesmo que perguntar alguma coisa, acho que seria algo para cuja resposta eu estivesse emocionalmente preparada; algo assim como:

"Aceita um café?"




9 comentários:

  1. Ana, que legal! Obrigado por sua atenção e carinho. Já consigo comentar por aqui.

    Bem,... Adorei essa sua postagem. Fui lendo e imaginando em paralelo o que eu faria. Achei muito legal, e é uma verdade, você citar que toda e qualquer pergunta "idiota" nossa, a resposta nós não teríamos capacidade para entender. Sabiamente você perguntou o óbvio e gostosinho de se fazer:
    Que tal um cafezinho???!!!
    Um grande abraço
    Manoel

    ResponderExcluir
  2. Também não saberia o que perguntar para Deus?!
    Abraços e uma linda noite de sábado!

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana! Bom chute inicial à reflexão. Partindo do seu chute, eu fico com o parar as engrenagens da mente por algum tempo, que é pra ver se Ele me diz alguma coisa sem que eu pergunte. Valeu-me, e muito, a sua dúvida sobre o que perguntar a Deus. Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Um desfecho excepcionalmente lindo! Também penso assim. Digo mais, talvez Deus esteja tão próximo, tão próximo, que seja impossível acreditar...

    ResponderExcluir
  5. Excelente reflexão, Ana. Não estamos mesmo preparados para formular perguntas nem para entender respostas, pelo menos não com a razão. Resta usar o coração...

    ResponderExcluir
  6. E será que Deus gosta de café? Mas gostei da reflexão...Eu também teria
    algumas perguntas que lhe gostaria de fazer...
    Tenha um bom domingo.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana, quantas perguntas seriam feitas a Deus, mas acedito que Ele esta entro de cada um de nós e as perguntas seriam do tamanho da nossa fé.
    Obrigada querida pela visita, uma linda tade.Bjus

    ResponderExcluir
  8. KKK...Acho que Ele aceitaria!...rss...tb não saberia o que perguntar!bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  9. Ele aceitaria o café
    estes olhos mágicos
    foram plantados no jardim
    do Éden
    e ele já não dorme mesmo
    o problema é o que ele
    vai te oferecer
    e se for uma parábola
    será que você vai entender

    mui bela reflexão teosófica

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

AMANHECEU

Amanheceu novamente Sobre as igrejas e telhados dos que ainda dormem E dos que jamais despertarão. Amanheceu sobre as p...