quinta-feira, 18 de abril de 2013

De manhã Bem Cedo






De manhã bem cedo,
A paz,
A vida rebrotando,
Esperanças fresquinhas
Ainda sem as escaras
Do medo.
Aquele minuto
Antes dos olhos se abrirem,
Antes dos sonhos se desmancharem
A vida entre as pálpebras e cílios,
Sem nenhum martírio!...

Um raio de sol que penetra
Nas frestas da cortina,
O canto do primeiro pássaro,
O apagar da última estrela...

De manhã bem cedo,
Antes que passe o primeiro carro na rua,
Desfazendo os laços frágeis do sono,
Antes do grito berrante do despertador,
Antes que a gente se lembre,
Antes...






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Anoitecer Suavemente...

Anoitecer devagarinho, Suavemente, Como uma teia de aranha que voa Pelo ar, Brilhando sem se notar... Anoitecer sem p...