segunda-feira, 22 de abril de 2013

Se Soubéssemos...





Se soubéssemos
Quantos adeuses se escondem,
Adormecidos,
Por trás de cada 'olá',
Talvez nós não deixássemos
A vida passar, 
As pessoas irem embora
Sem nosso mais atencioso olhar...

Se soubéssemos
Que a estrada sob os pés
Pode, a qualquer momento, 
Desabar,
Talvez prestássemos mais atenção
À linda paisagem que nos cerca,
E que foi com amor, criada
Para que a possamos desfrutar!

Se soubéssemos
Que cada palavra proferida
Pode ter um imenso, enorme peso
Por sobre uma vida,
Talvez as medíssemos com cuidado
Antes de deixá-las caírem
Em ouvidos errados!

Se soubéssemos
Que tudo o que hoje vivemos
Em breve, tornar-se-há lembranças
Que, no futuro, teremos 
Para reviver em noites longas e vazias,
Talvez fôssemos mais felizes,
Quem sabe, escolhêssemos cores mais bonitas
Para pintarmos cada dia!...


4 comentários:

  1. Uma linda poesia!
    Creio que devemos viver bem o presente, pois ele é o formador de nosso futuro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana! Precisamos estar muito atentas anão deixar a vida passar sem percebermos! Muitas vezes o tempo escorre pelos nossos dedos... Muito lindo e reflexivo esse seu poema! Bjks Tetê - Avaliando a Vida

    ResponderExcluir
  3. O passado já foi, o futuro ainda não chegou e nem sabemos se chegará, tudo o que temos é o presente que nos é dado com um presente! Lindo poema, Ana.

    ResponderExcluir

  4. Olá Ana,

    Lindíssimo!
    Se você me permitir, gostaria de publicá-lo em meu espaço, com os devidos créditos, é lógico.

    Beijo.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

AH, OS ITALIANOS! - Parte I

Eu em Veneza - Gondoleiro! Durante nossa curta estadia na Itália, não ficamos em hotel. Alugamos um pequeno apart...