segunda-feira, 27 de maio de 2013

Prisma






Prisma


Prisca combinação de cores,
De onde derivam
Todas as outras cores...
O prisma absorve
E as devolve em feixes
Multicores.

Assim é a alma da gente,
Prisma
Captando a vida
E re-interpretando as alegrias 
E as dores.

Mas no fim,
Tudo são apenas
Cores.

*

8 comentários:

  1. Belíssima poesia! A vida é um porisma que vai nos envolvendo num mar de essências multicores. Energias que nos impulsionam a caminhar.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Assim é!Num processo de decomposição/composição, nos compomos, nos formatamos!

    ResponderExcluir
  3. Belíssimo e colorido, configurando a refração das cores na tranparência do branco.
    Como sempre, lindo de viver!!!

    bacios

    *Teu blog tá um sonho de tão delicado.*

    ResponderExcluir
  4. Olá Ana
    Somos responsáveis , para colorir a vida daqueles cercam, ou deixá-las mais nubladas.
    Bjux

    ResponderExcluir
  5. Uau! Eu tenho uma pirâmide de cristal e um belo dia entrei no escritório e na parede acima do computador um arco-iris! Eu fiquei estasiada não fiz nenhuma foto... no dia seguinte fiquei à espreita mas nada! Sem perceber devo ter mudado a pirâmide do lugar e nunca mais tive meu arco-iris particular! Ah... eu não fui à Itaipava... aqui perto tem uma revenda, chama Feirão de Itaipava, o pessoal compra em Itaipava, Petrópolis, Friburgo e revende aqui. Ninguém foi, ainda, buscar roupas de inverno! A Rua Teresa é tudo de bom... Assim que eu chegar no meu peso vou correndo lá renovar o guarda roupa! Bjks Tetê

    ResponderExcluir
  6. Ana,vc sempre inteligente e sensivel.No final, tudo são apenas cores...linda e inusitada poesia!bjs,

    ResponderExcluir
  7. Cores que podemos deixar mortas ou tornar vivas e belas. Bjs.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Metáfora

Às vezes, há ainda uma  corrente Muito fina e cristalina Que quer correr para o mar, Ainda há um par de pernas Que...