domingo, 26 de maio de 2013

AMOR OU ESCUDO?...





Amor ou Escudo?...


Que jamais usemos
O amor como escudo,
Como teto e proteção,
Contra as intempéries da vida
E do mundo.

Que ele seja a semente
De algo que já nasce com a gente,
E cresce um pouco mais a cada dia,
Simplesmente...

Que ele seja forte, e domine a mente
Sem que sejam necessárias forças
Para abrir caminho entre os espinhos
Que na vida, encontraremos
Pelo caminho!

Que o amor não seja a resposta, nem a pergunta,
Mas que esteja no ar que respiramos,
Na terra onde pisamos,
Nas fontes onde bebemos,
Nos frutos dos campos
Dos quais nos alimentamos...

Que o amor nos faça transcender
Todo e qualquer julgamento,
Separação ou explicação minusciosa,
E nos ajude a respeitar tudo:
A vida, a morte,
A alegria, o sofrimento,
Os espinhos da rosa!

Que o amor faça de nós aceitação,
E não escudo!
E que nós amemos o amor por ele mesmo,
Sempre sabendo
Que ele não nos protegerá de qualquer dor,
Não nos salvará da morte,
Não nos poupará dos sofrimentos,
Não nos fará imunes a nada neste mundo,
Pois quem ama, ama por amar,
E não faz do amor uma troca!


5 comentários:

  1. Que o amor seja pura e simplesmente prazer de amar...
    linda sua poesia
    Su

    ResponderExcluir
  2. O AMOR, lógico... Afinal ele tudo suporta!

    Poema gostoso de ler na cadência que lhe é peculiar.

    bacios e bom domingo!!
    :)

    ResponderExcluir
  3. Ana
    Bom dia.
    Confesso que tenho uma dificuldade enorme em comentar no seu blogue.
    Leio os seus comentarios, quando faz no meu blogue, tento retribuir. Mas, quase não consigo. Hoje, foi um golpe de sorte, eu está aqui escrevendo. entrei através de um outro blogue como se fosse uma ponte. O meu blogue, é modelo tradicional. Sei que essas ferramentas do google, as vezes são complicadas. Mas, estou aqui, para justificar, do por que quase ou nunca eu comentar neste espaço.
    demais, quero desejar muita paz espiritual e que tenhas um dia de domingo formidáve. Agradavel e lindo.
    Felicidades

    ResponderExcluir
  4. Olá Ana
    O amor tem que ser simples como ele é, sme esperas nem cxobraças.
    Obs. Estou sentindo sua falta em meu blog.
    Bjux

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana,
    O amor é isso! Precisa ser respeitado.
    Poesia bastante expressiva, como todas, bem construída...

    beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

REFLEXÃO

Já muito andei sem enxergar, sem ver, O que me fez e me desfez, a fome... "Ana" é o nome que alguém me deu, M...