Oboé





Oboé

A nota vibrou em cada nervo,
Entre cada pulsação,
Enchendo os espaços entre os ouvidos
E o coração.

Um sustenido,
Se enrodilhando, sofrido,
Pingo de lágrima
Caído do oboé.

A noite ouviu,
A música ascendeu às estrelas
Que cintilaram azuis e brancos,
No toque suave e gentil
Das notas retintas...

-Como foi possível
Fazer soar tanta tristeza
De um oboé?



Comentários

  1. Linda música de um Oboé bem tocado, linda poesia, belo espaço...adorei...beijos

    ResponderExcluir
  2. ... Só de acender estrelas, a tristeza do oboé se foi e do cintilante pingo de lágrima, fez-se diamante.

    Lindo, meio tímido o som do oboé, acendeu o sol por aqui.

    Bacios da fã

    ResponderExcluir
  3. O oboé é um instrumento que bem tocado fala ao coração. É certo que muitas vezes passa uma tristeza, mas é como uma poesia que às vezes é triste mas não perde o encanto! Bjks Tetê - Avaliando a Vida

    ResponderExcluir
  4. NOSSA ANA, QUE COISA MAIS LINDA ESTE TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ana, bem pensado. O oboé de fato exprime gemidos de tristeza. Linda postagem.
    Um abraço grande
    Manoel

    ResponderExcluir
  6. Boa noite !!!!!
    poema expresso de forma magistral ...
    bjssssssssss

    ResponderExcluir
  7. Tem gente que sabe tocar usando o sentimento né minha amiga? E vc soube escrever usando esse mesmo sentimento. Parabens!

    ResponderExcluir
  8. E com sua arte faz soar os mais belos sons.
    Maravilha de inspiração Ana.
    Carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  9. da guitarra portuguesa também saem lamentos que se assemelham a gemidos
    e daí o fado
    muita sensibilidade por aqui

    um beijo

    :)

    ResponderExcluir
  10. Eu, como amante da música, gostei muito, parabéns!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

Doce de Abóbora

VIDA

Sentidos