quarta-feira, 8 de maio de 2013

Jamais Diga




JAMAIS DIGA


Jamais diga que não teve escolha,
Ou talvez, que não resistiu...
Existe sempre a dignidade
Entre a tentação e o não.

Jamais diga que não teve culpa,
Ou que alguém te conduziu...
A responsabilidade
É sempre de quem agiu.

Jamais venha pedir-me desculpas
Por agir como bem quis,
Não te peço redenção,
Não sou deus, e nem algoz.

Pois que nunca há de haver
Entre nós, qualquer ciência,
Basta ouvir o coração
Fazer o que diz a decência

Não aquela que eu conheço,
Não a que outros te apontam,
Mas aquela que tu sabes
Guardada em tua consciência!


BARRINHAS

7 comentários:

  1. Todo o acto é de nossa inteira responsabilidade exclusiva.
    Mas tendo vergonha de o assumir, procuramos encontrar uma razão ( que sabemos falsa ) para aliviar a nossa consciência.

    Um beijo amigo. Ana.

    ResponderExcluir
  2. Olá Ana
    De nada adianta jogar a culpa nos outros, e continuar com a consciência pesada.
    Bjux

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana, estou aqui para te trazer o prêmio: Los Mejores Blogs. Vale a pena as regras são; responder algumas perguntinhas símples e escolher alguns blogs que se encaixem no perfil de blog de boa qualidade. Se estou aqui é porque o seu é um desses blog. De qualidade.O nome do prêmio.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Sempre é mais fácil jogar a culpa nos outros. Porém, quando se tem consciência, isto não funciona, porque o sentimento de ter feito algo errado estará dentro de nós. Já diz a cançào: "perdão foi feito pra gente pedir..." é sempre um prazer visitar seus blogs, Ana.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia, Ana. É muito fácil colocarmos a culpa no outro pelas nossas ações desastrosas, dizendo que ele foi o responsável pela nossa ira.
    Essas justificativas não soam bem, uma vez que, possuímos o domínio das nossas emoções.
    Se falamos ou fazemos o errado, fazemos e falamos pela nossa vontade e falta de controle, infelizmente!
    O difícil é assumirmos que foi desse jeito, seria bem melhor do que nos acomodarmos com tais posturas de transferência!
    Parabéns!
    Adoro os seus poemas!
    Beijos na alma e paz!

    ResponderExcluir
  6. Escolhas sempre temos. O que nos falta, muitas vezes, é sabedoria para decidir. Nos erros, melhor admitir a responsabilidade e arcar com as consequências. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Precisamos nos assumir,refletir,admitir...Gostei das suas palavras Ana.Obrigada pela visita ao Letradinha e que bom que achou bonito o que eu escrevi ,bjos e até!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

REFLEXÃO

Já muito andei sem enxergar, sem ver, O que me fez e me desfez, a fome... "Ana" é o nome que alguém me deu, M...