sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

...E se de repente...





E se de repente, tudo o que você achou que estava dando errado em sua vida - e na vida dos que o cercam - se revelasse um estratagema da própria vida para conduzir as coisas ao caminho certo, rumo ao melhor desfecho? E se todas as suas tentativas frustradas de mudar o destino, ao invés de serem um castigo, fossem  para protegê-lo de você mesmo? 

E se de repente todo o sofrimento pelo qual você passou - e todo o seu julgamento de que Deus o tinha abandonado à própria sorte e não mais ouvia suas orações - fossem apenas armadilhas da sua própria mente, do seu orgulho, do seu medo, do seu desejo de controlar as coisas?

E, se de repente, após uma grande tempestade cheia de aparentes destruições, o sol brilhasse sobre um diamante que estava encravado sob a sujeira - e que só poderia ter vindo à tona após essa grande enxurrada?

E se de repente, você descobrisse que tudo o que aconteceu foi para o bem de todos, sem exceção? Você descobre que as pessoas envolvidas naquele acontecimento não estavam ali por acaso; que os obstáculos que você tanto abominou e repudiou, estavam ali para que você não se desviasse do caminho certo e chegasse exatamente aonde está agora: no destino que a vida preparou.

Se de repente isso acontecer em sua vida, é porque você estava sendo guiado e protegido o tempo todo, por uma força que nunca te abandonou, mesmo naquelas horas em que você a amaldiçoou. Uma força que sabe o quanto você pode ser um imbecil nas horas mais impróprias, uma força que sabe o quanto a sua fé pode ser pequena e mesquinha quando ela é testada.

Bem, se um dia isso acontecer com você, caia de joelhos e agradeça. Agradeça, apenas. Porque finalmente, você aprendeu que não tem mesmo controle sobre todas as coisas, porque se tivesse, sua vida seria uma bagunça ainda maior do que já é. Caia de joelhos, e agradeça, e aprenda a confiar mais na vida e nessa força que te rodeia e que te conhece muito mais do que você conhece a si mesmo. Submeta-se a esta força, e saiba, tenha certeza: você estará protegido.


*

7 comentários:

  1. A VIDA É PARA SER VIVIDA COMO SE APRESENTA. E VIVER DÁ TRABALHO....VIVAMOS...UM ABRAÇO. CELSO

    ResponderExcluir
  2. Aninha querida,
    Engraçado...foi o que aconteceu comigo em minha mudança de escola...parabéns pela escolha do texto maravilhoso!
    bjs,

    ResponderExcluir
  3. Ana! Que gostoso passear por aqui, e ver que de repente caminhamos numa busca de “nós mesmos” ou num "desejo de controlar as coisas” e então percebemos que o mundo estava ruindo numa enxurrada para que logo após o sol dissipasse o nosso eu, e em seguida nos desse o entender que dentro de nós há uma gema preciosa, cujo Sr. do Garimpo, é perito no transcender do diamante, no embelezar da alma.
    De repente, é assim: as torres de babel caem, os obstáculos mínguam, e o destino dá limpidez para a vida.
    Não de repente! Há um alguém que não nos abandona, mesmo que estejamos sendo imbecil.
    E então de repente cai por nós o véu do templo e o milagre está na nossa frente.
    De repente, tudo que precisamos é arcar os joelhos e agradecer…

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Acredito que não temos capacidade para entender os desvios que somos obrigados a fazer. E muitas vezes percebemos que o novo caminho é melhor que aquele que insistíamos em seguir. O agradecimento é fundamental. Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Anaaaaa help, não consigo acessar teu blog de contos???

    bacios

    ResponderExcluir
  6. Ana,quanta verdade nesse reflexivo texto!Tb acredito que tudo que acontece tem sempre a mão de Deus!Linda msg!bjs e boa semaninha!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Ah, os Italianos! - Parte II

Pôr do sol em Florença... jamais esquecerei. Continuação do texto anterior LIXO – Quando fui jogar o lixo fora pela pri...