quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Soneto





Eu juro, tentei
Meu poema não cabe
Num soneto!

Sobra de um lado,
Falta de outro,
Se espreme de susto
E de medo!

Meu poema louco
Ora se expande, 
Ora se encolhe
E mesmo que eu o desfolhe
Cuidadosamente,
Meu poema voraz
As rimas engole, 
Profana, sem dó,
As métricas...

Tentativas tétricas!
Meu poema só há de querer
Quem o olhe,
Não quer ser tolhido,
Só quer ser mais um
Fruto da minha pobre
E descontrolada prole!


*

10 comentários:

  1. rss...Tua imaginação é grande, linda e não pode ser tolhida, querendo-a encaixar em um estilo determinado.

    O bom é deixar rolar e deixar as palavras saírem livre. LINDO!Adorei! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Felizmente que não coube, Ana !
    Assim, pudeste espraiar -te mais e escapar às limitações que o Soneto impõe.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Ana, falar de teus escritos é sempre cometer redundâncias... Eu os acho perfeitos. Sem métrica, fugindo das regras, escapando das rimas forçadas e deixando fluir as naturais. Você é demais!

    Eu quero declamnar esse poema, vc me ajuda? Sabe transformar em MP3?

    Li aqui em voz alta 3 vezes , encantada com o ritmo.

    Lind demais!
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Lu... obrigada! Se quiser mesmo declamar, fique à vontade, mas não sei mesmo como transformar isso em mp3...

      Excluir
    2. Ok miga, eu vou re(lembrar) pq eu sabia kkkkkk
      Se eu conseguir, envio por e-mail pra ti, tá?

      bj grande!

      Lu

      Excluir
  4. Lindo, querida ter escrito, maravilhoso, os meus poemas também são assim não quer obedecer nem uma regra .bjs parabéns! E obrigada por está sempre no Arbitrário, fico muito feliz com os seus comentários.

    ResponderExcluir
  5. Assim se diz o que se sente, sem regras, sem preocupação com número de versos e/ou rimas. O importante é a beleza que nos chega através de suas palavras. Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Mas para que as regras se a inspiração lhe faz diferencida?
    A construção ficou perfeita e deixe o soneto com suas manias dormir em paz.
    Um bela criação Ana.
    Carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia minha linda !!!!
    Sempre consegues nos encantar ...
    bjssssssssssssss

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Exageros

    Assisti a um vídeo na internet no qual uma drag queen montada dava palestras em uma escola para crianças que, aparentemente, t...