Partilha






Podes ficar com as meias
Para que aqueças os pés
Nas muitas noites de frio.

Podes ficar com a paisagem
À beira desta janela,
Fiques também com o rio.

Mantenhas sob a tua cama
As caixas de fotografias
Que provam o quanto me amas,

Podes ficar com os discos,
E as canções que embalaram
Histórias da nossa trama.

Desfrute bem esta casa,
Abra as portas e janelas
Para arejar tuas asas.

Levarei comigo, apenas
O que me resta de bom
Desta história de absurdos!

Podes ficar com os livros,
Pois são bons amigos mudos...
-Ah... podes ficar com tudo!




Inspirada em "Trocando em Miúdos", de Chico Buarque.

Comentários

  1. Sair inteira já basta. Que o resto seja bem aproveitado (rss) por quem fica. Bjs.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

Doce de Abóbora

VIDA

Sentidos