quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Adeus



Minha mãe se foi, no primeiro dia do ano.


Escolhi estas fotos porque elas foram feitas durante nosso penúltimo passeio. Neste dia, eu, ela e a Dal, minha irmã, nos encontramos na avenida e fomos almoçar juntas no Liberty Garden; após o almoço, cruzamos a Praça da Liberdade, andamos pela avenida Koeller e caminhando pela Rua Ipiranga, chegamos ao Parque Municipal. Uma longa caminhada, mas o dia estava lindo, e nós não estávamos com pressa.


Minha mãe e minha irmã Dal


Esta foto foi tirada quando chegamos ao Parque Municipal. Depois, voltamos pela Ipiranga e fomos até a Rua 13 de maio, onde tomamos sorvete no MCcDonald's. Foi um dia muito feliz. Vivido intensamente. Ela ainda queria ir andando para o centro da cidade, mas eu e minha irmã já não aguentávamos mais caminhar... tomamos um ônibus para o Centro, e depois que eu fui para casa, elas ainda ficaram na avenida, pois minha mãe queria andar mais!



E é assim que eu quero lembrar-me dela: uma pessoa cheia de saúde, vigor, vontade de viver e que realmente amava a vida, e aproveitava cada momento. Ela me disse, no hospital, que se morresse, estaria tudo bem, pois tivera uma vida longa e fora feliz. Bem, eu vou sentir demais a falta dela... vou lembrar-me dela para sempre. Os nossos últimos dias juntas foram tristes e desesperados. Tudo deu errado desde o começo dessa maldita cirurgia. Mas eu vou - juro que vou - tentar lembrar-me apenas dos dias que foram bons.

Mãe é uma pessoa que não se esquece. Mãe é uma pessoa que só merece ser lembrada através de nosso amor e de nossa gratidão.

30 comentários:

  1. Pelo que li aqui, ela encarava com tranquilidade esse momento, e o melhor, aproveitou bem o tempo que esteve por cá.

    Espero que a família possa ter esse positivismo em mente, que todos sabemos, não é nada fácil.

    Que vá em paz!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Meus sentimentos bem profundos. Que bom que tens essas fotos recentes que te ajudarão mais ainda a lembrá-la como ela realmente era, forte, cheia de vontade... beijos,que todos fiquem bem! chica

    ResponderExcluir
  3. Sinto muito querida meus sentimentos.Eu sei muito bem como é a dor de perder a Mãezinha da gente.Mas agora ela está na paz do Senhor.Um beijo e meu carinho a você.Triste triste triste!

    ResponderExcluir
  4. solidarizo-me contigo.

    meu pai também se foi nesse dia (faz muitos anos) mas eu ainda o lembro.

    um beijo

    ResponderExcluir
  5. A calme-se filha querida
    N ão é adeus, apenas uma partida
    N ovo plano, nova terra florida
    A ssim é esta minha nova vida.


    B usque a mim em voce
    A saudade vai doer menos
    I sso porque a morte não separa
    L eva apenas o meu corpo e
    U ne o tempo que não para
    N isto tudo acredtte
    É passagem, medite.

    COM CARINHO
    ANGELICA GOUVEA

    ResponderExcluir
  6. Mãe é um Ser Especial que Deus nos empresta e, assim que Ele sente que estamos fortes o suficiente, leva de volta, pois tem mais gente precisando dela.
    Só assim pra aplacar a saudade!
    O amor dela continua a te envolver!

    ResponderExcluir
  7. Que sua Mãe fique com a Alma ainda mais iluminada!

    Beijoo do ZÉ

    ResponderExcluir
  8. Ana, não se tem muito a dizer quando se vai a razão que nos deu vida, o mais sagrado bem, promanado da exclusiva raiz.Mas ela se foi com nobreza, agradeceu o dom lhe dado passeando e se despedindo com coragem exemplar, pacificada espiritualmente. E partiu no dia da paz. Meus mais sinceros sentimentos. Celso Felício Panza

    ResponderExcluir
  9. Ana, sua mãe foi uma sábia. Manifesto aqui minhas condolências mas com a certeza de que o ciclo dela foi cumprido (e muito bem). Fique na paz e sinta-se abraçada com muito carinho de solidariedade.

    ResponderExcluir
  10. Ana, manifesto aqui as minhas condolências e digo que sua mão foi uma sábia amorosa. Tenho certeza de que ela cumpriu muito o seu ciclo. Um abraço carinhoso e solidário. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  11. Lamento muito, Ana, tanto sua partida quanto as circunstâncias que a envolveram. Das pessoas amadas que perdemos ficam as lembranças dos momentos felizes. E a saudade. Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Que a paz reine em vossos corações, afinal, este ato não é o fim mas sim o começo de uma vida eterna na presença do Pai, para poder contemplar a luz da Sua face. agora pra quem crê nisso, ela será mais uma intersessora junto ao Pai, Clamai e sereis ouvidos. Deus Pai vos conforte e ilumine. beijos. com Carinho José Coelho Fernandes.

    ResponderExcluir
  13. Ana, deixo meus sentimentos a ti amiga, e fique em paz, apesar da tristeza porque tua mãe soube viver intensamente e aproveitou tudo a que tinha direito. Deixou sementes que floresceram e uma delas é você!

    Guarde-a em teu coração pois vc está nela e ela em ti e lembre sempre dela como uma andorinha feliz que soube voar.

    Que descanse em PAZ!
    beijo da amiga de sempre

    LU CAVICHIOLI

    ResponderExcluir
  14. Querida amiga, sinto muito.
    Mãe é a palavra mais doce e firme que podemos ouvir e ter como referencia.
    Tenho certeza que foi muito amada e nunca será esquecida.
    Força.

    Beijos

    (Obs: fiquei com lagrimas nos olhos vendo estas fotos)

    ResponderExcluir
  15. Meus sentimentos, Ana. Talvez o que possa confortar é saber que dentro do coração e da memória afetiva, a lembrança daqueles a quem amamos seguirá sempre intacta. Um afetuoso abraço.

    ResponderExcluir
  16. Esse tipo de saudade não passa nunca, volta e meia vai se pegar chorando, não tem jeito, é a vida. Mas faça como ela, aproveite tudo que a vida permitir. Meus pêsames Ana. Marcelo Braga.

    ResponderExcluir
  17. Ana, lamento muito. fiquei aqui parada diante da foto de sua mamae, voce se parece muito com ela,os cabelos de minha mãe saõ branquinhos assim, Ana, eu sempre fico sem palavras nessa hora . meu abraço minha querida . olguinha

    ResponderExcluir
  18. Que bonito passeio final! Meus sinceros sentimemtos...

    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  19. Oh, minha amiga, que saudade!
    Dói e dilacera,mas há de vir o conforto para seu coração.
    Meus sentimentos e que ela esteja na paz dos justos.
    Carinhoso abraço.
    Fique bem com as boas lembranças,pois que ela só quer lhe ver feliz.

    ResponderExcluir
  20. Minha amiga, como te disse no google mais estou com um nó na garganta, agora as lágrimas já correm, sei o quanto é difícil, mas procure lembrar apenas do antes da internação, como você mesmo disse, é difícil mas temos que seguir, um abraço bem apertado, qualquer coisa estou aqui, Luconi

    ResponderExcluir

  21. Meus sentimentos, Ana.
    É uma dor difícil, assim como é difícil procurar uma palavra adequada de consolo neste momento.
    Muita força e fé para você e familiares.
    Com certeza, sua mãe está melhor agora.
    Fique bem!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  22. Ana, Deus te dê muita força para suportar tamanha dor e para atenuar esse grande vazio; o tempo se encarregará de convertê-lo numa doce lembrança.
    Forte abraço de carinho e solidariedade, extensivo à família.

    ResponderExcluir
  23. Ana,
    Para sua mãe "Uma Boa Viagem"
    Para si, um ABRAÇO imenso
    Teresa

    ResponderExcluir
  24. Força amiga.Mas me emocionei também.Mãe é tudo que mais precioso temos,nosso Tesouro.
    Mas que bom que delícia terem passeado com sua mãe,ai está os momentos felizes que você
    tem para recordar,e Ela sabia,por isto teve o merecimento da Linha do Tempo,para dar mais um dia
    na companhia das filhas queridas.Mas creia de onde sua mãe estiver estará ao lado teu com flores
    basta senti o perfume.Deus Ilumine as novas jornadas.Bjus\Flor*

    ResponderExcluir
  25. Linda sua mãezinha,Ana!Perdoe não ter visto antes essa postagem.Meus sentimentos a vc e sua familia!Eu amei as fotos e esse passeio tão gostoso.Assim devem ser as lembranças!bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  26. Lamento muito a sua perda amiga. Você parece-se muito com ela, especialmente o olhar... Abraço fraterno, MR.

    ResponderExcluir
  27. Hoje entrei aqui pra ler sua poesia atual e me deparei com seu relato sobre os últimos momentos que viveu com sua mãe, e percebi que você descreveu, uma parte da história que também vivi com minha mãe nos últimos dias dela nesse plano terrestre, da alegria ao desespero em um leito de hospital... exatamente assim elas se foram... mas viveram intensamente a vida. e agora são estrelas a nos iluminar...
    Bjo Ana...

    ResponderExcluir
  28. Ana, a alegria que tive ao ler alguns dos seus belos escritos nesse dia de hoje, ficou obscurecida quando tomei conhecimento dessa tão triste notícia. O seu relato é comovente e a sua mãe certamente está feliz pela filha que você é. Fique em paz, querida. E é muito bom saber dessa sua decisão de procurar lembrar-se apenas dos bons momentos vividos. Que Deus lhe proteja sempre e a todos os seus entes queridos. Um abraço com ternura.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

REFLEXÃO

Já muito andei sem enxergar, sem ver, O que me fez e me desfez, a fome... "Ana" é o nome que alguém me deu, M...