domingo, 25 de março de 2012

CEM MIL



Cem Mil


Havia cem mil,
Dos quais cinquenta
Não tinham face,
Uma falácia...
Destes cem mil,
Cinquenta mil no éter
De uma falsa existência,
A façanha de viver
Múltiplas vidas 
Mortas em uma...

Entre os cem mil, 
apenas cinquenta
Eram de verdade.

Aplausos!!!
Risos...

4 comentários:

  1. Infelizmente o indice de vida consciente é muito baixo...Lindíssimo e Reflexivo seu poema... Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre...

    ResponderExcluir
  2. Então falta apenas 1 para tornar a maioria REAL! Marcelo Braga.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Até um Dia!

Olá, pessoal! Por motivos pessoais, estarei fora da rede durante alguns dias. Volto em breve! Abraços! ...