sexta-feira, 21 de setembro de 2012

NOITE

Fotos: o anoitecer, visto da minha janela.








Coberta negra sobre os montes,
A noite vira mote
Nas linhas de um poeta.
E nas estradas da poesia,
Alinham-se as estrelas,
Uma a uma,
Sob a luz
Da mãe-lua.

7 comentários:

  1. Maravilha das maravilhas! Tanto o texto como as fotografias.

    ResponderExcluir
  2. Belíssimo anoitecer para Ana Bailune: Linhas e luzes abrigando a poeta/mulher!

    Lindo, lindo!
    beijo!

    :)

    ResponderExcluir
  3. Além de linda a sequência das fotos, a noite lhe inspirou belos versos. Bjs.

    ResponderExcluir
  4. O recorte da sombra e luz, a grande inspiração dos pintores, e dos poetas...como vc. Abraço. Parabéns pelas fotos e pelo dizer.Celso

    ResponderExcluir
  5. Minha querida, encantou-me teu poetar, parabéns, doces beijokas e um bom final de semana

    ResponderExcluir
  6. Belo texto, belas fotos. Dizem que poeta sempre enxerga a hora certa de fotografar.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Até um Dia!

Olá, pessoal! Por motivos pessoais, estarei fora da rede durante alguns dias. Volto em breve! Abraços! ...