quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Nada há de Ser...






Nada há de ser
Para sempre...
Nenhuma dor,
Ou alegria,
Nem mesmo
Um dia
Há de repetir-se.

E aquilo mesmo
Que nos parece
Nunca mudar,
Mudará sempre,
Todos os dias
Quando aprendermos
A enxergar.



Um comentário:

  1. Olá tudo de bom ...
    Obrigada por seguir o meu blog .
    Também estou a seguir o seu , como poderá ver .
    Eu recomendei no +1
    Parabéns o seu blog está magnifico .


    Ernesto
    ernestocastanha.blogspot.com
    ernestocastanha.blgs.sapo.pt

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

AMANHECEU

Amanheceu novamente Sobre as igrejas e telhados dos que ainda dormem E dos que jamais despertarão. Amanheceu sobre as p...