quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Nada há de Ser...






Nada há de ser
Para sempre...
Nenhuma dor,
Ou alegria,
Nem mesmo
Um dia
Há de repetir-se.

E aquilo mesmo
Que nos parece
Nunca mudar,
Mudará sempre,
Todos os dias
Quando aprendermos
A enxergar.



Um comentário:

  1. Olá tudo de bom ...
    Obrigada por seguir o meu blog .
    Também estou a seguir o seu , como poderá ver .
    Eu recomendei no +1
    Parabéns o seu blog está magnifico .


    Ernesto
    ernestocastanha.blogspot.com
    ernestocastanha.blgs.sapo.pt

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Até um Dia!

Olá, pessoal! Por motivos pessoais, estarei fora da rede durante alguns dias. Volto em breve! Abraços! ...