segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Existe


Existe uma vontade
Além da minha,
Que obriga-me a continuar
Movendo-me,
Apesar de tudo.

Existe uma alegria
Que me abarca,
E se insinua,
Através de minha tristeza,
Mostrando que vale a pena,
Lembrando-me que há beleza.

Existe um sentimento
De conforto
Nesse passado, há muito, morto,
Pois ele me trouxe aqui,
Até este momento
No qual eu me reinvento.

Existe uma asa de borboleta
Que passa, depressa
Sobre a crisálida seca.

Existe uma paz que me guarda
Onde eu caibo toda,
Embora arda.

Existe um amanhecer
E enquanto eu anoiteço,
Ele me aguarda.

11 comentários:

  1. Essa certeza de boas coisas por virem é que nos mantém vivos e confiantes à espera dessas horas mais felizes para nossos dias! Linda poesia. Beijoquinhas, Ana querida.

    ResponderExcluir
  2. Adorei, Ana. Obstáculos devem ser tratados assim: com fé e persuação.

    ResponderExcluir
  3. Existimos, sem nenhuma certeza do inicio da viagem, quando inalando oxigênio passamoa a existir, ma "Existe uma vontade
    Além da minha,
    Que obriga-me a continuar
    Movendo-me,
    Apesar de tudo.

    Nada mais é preciso dizer...Abr. CelsoPanza


    ResponderExcluir
  4. Talvez seja essa a força que nos liga amorosamente à vida. Belíssimo poema, Ana! Beijos

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo, Ana! Dos seus versos depreende-se que os dois lados acabam por se harmonizar, na esperança que alimenta o indivíduo diante dos momentos em que a fragilidade se apresenta. Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Bela constatação do que resta, do que fica. O voo da borboleta não tem fim, apesar da sua existência ser efémera. Lindos versos.

    ResponderExcluir
  7. " Existe uma paz que me guarda
    Onde eu caibo toda,
    Embora arda."

    Há (quase) sempre um verso/estrofe preferido(a) para mim num poema. Este aí em cima é sensacional...

    bjos

    ResponderExcluir
  8. Que lindo Ana.Existir esta vontade que aflora sentimentos e cria possiblidades.
    Uma pintura amiga.
    Aplausos a voce.
    Abraços.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  9. Que lindo Ana!

    Existe um amanhecer
    E enquanto eu anoiteço
    Ele me aguarda!

    Esses versos são a renovação da esperança!
    Parabéns Poeta!

    ResponderExcluir
  10. "Enquanto eu anoiteço"....

    Nunca mais vou esquecer estas palavras!!!
    Parabéns poetisa!

    ResponderExcluir
  11. Sempre que leio um poema que tange a perfeição, com linhas profundamente existenciais. Eu silencio, apenas APLAUDO!!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

AMANHECEU

Amanheceu novamente Sobre as igrejas e telhados dos que ainda dormem E dos que jamais despertarão. Amanheceu sobre as p...