sexta-feira, 9 de agosto de 2013

A Noite





A Noite

A noite permite o sonho,
Dá espaço ao que não vemos
Durante o dia; desejos
Que num afago, afogamos.

A noite dá corpo às almas,
Que a vagar, se encontram
Sob o brilho de um luar
Que paira noutro recanto.

A noite salva o encanto
E permite a fantasia...
Prepara, bem devagar,
Nova mesa para o dia

Que nasce, junto com o sol
Surgindo por trás do ontem
Até que em horizontes opostos
O sol e a lua se encontrem.


8 comentários:


  1. Linda a noite vista por este lado poético.
    Belíssima inspiração.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana
    Adoro a noite, seus encantos e seus mistérios.
    Bjux

    ResponderExcluir
  3. Bonita poesia, Ana...
    À noite, tudo vem com intensidade e que bom é ter bom sono, sonhos e um dia seguinte esperançoso...
    "A noite prepara bem devagar, nova mesa para o dia." LINDO!

    UM BOM FINAL DE SEMANA!!!
    ABRAÇO

    ResponderExcluir
  4. Lindo, Ana. A noite preparando um novo dia, que nos trará novas esperanças, linda esta imagem poética.

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana! A noite pra mim é bem assim... eu tenho pena de quem precisa trabalhar à noite! Bjks e bom final de semana! Tetê

    ResponderExcluir
  6. Ana Bailune

    A noite é, por excelência, amiga do sonho e da fantasia. Assim reza o poema, expressando uma realidade.
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Gosto da noite, Ana. Ela inspira mistérios luminosos e o seu poema é o retrato disso.

    A última estrofe por si só bastaria para encantar.
    Linda demais!

    bacios e ótima semana :)

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Exageros

    Assisti a um vídeo na internet no qual uma drag queen montada dava palestras em uma escola para crianças que, aparentemente, t...