Serenar




Ando aprendendo a serenar,
A cobrir-me de gotículas
Úmidas e frias
Que vão nascendo, qual brilhantes,
Por cima da minha pele.

Essas gotas serenantes
Que rebrilham ao amanhecer
(Como as que acordam sobre o gramado)
Refrescam a pele da alma,
Arrefecem as tristezas
E afastam maus agouros.

E se sobrevoam-me  besouros
A procura de esterco
Vão pousar em outros cantos,
Pois aqui só há sereno.



Comentários

  1. Adorei e todos nós dever[íamos aprender a nos !serenar"...bjs, tudo d bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Ana Bailuna, o teu interessante poema é como um "responso" contra o mal de inveja. No caso, é de dizer como certo ator português, dizia num filme: "hei-de esmaga-los com o meu otimismo". Penso que a inveja se pode combates com certezas e indiferenças.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que lindo poetar amiga Ana, amo o sereno, ver as gotículas sobre a relva me transporta à infância, quando ia à escola ficava passando as mãos sobre essas gotículas de sereno, amei!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde,
    serenar é aproveitar os bons momentos que a vida nos oferece, seguindo o seu caminho natural, sem dor, sem lágrimas e mágoas.
    Abraço
    ag

    ResponderExcluir
  5. Amei o poema mais calma sim mas não é fácil. Adorei que "Eu vou esmagar-te com otimismo." :o)
    Venha nos visitar mais tarde.
    no amor e luz
    Cyn

    ResponderExcluir
  6. Um lindo poema. Como é bom serenar, manter a alma completamente tranquila.
    Beijos,
    Élys.

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema Ana,adorei.
    Agradeço o carinho beijinhos.

    ResponderExcluir
  8. OI coração,

    Estou passando aqui para te conhecer e conhecer seu blog!

    Amei tudo tudo por aqui, quanto capricho !

    é inevitável, estou te seguindo!

    E deixa aqui o convite para você vim me conhecer ! Saiba que ficarei muito feliz!

    Beijocas

    vidadaguidi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, Boa noite,Ana
    que lindo...
    ...sereno da madrugada que muito, já nos molhou, e nunca dissemos nada, porque , sempre nos ajudou. Depois de um tempo, aprendemos que se ficarmos exposto por muito tempo,o sol vêm e nos queima , e aprendemos que não importa o quanto nos importamos; algumas pessoas simplesmente não se importam...
    Obrigado pelo carinho, belos dias,beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

Doce de Abóbora

VIDA

Sentidos