quinta-feira, 14 de novembro de 2013

RETRATO





És tão eloquente nesta imagem,
Agora, que mais nada dizes...
Escuto apenas o que quero,
É sempre o mesmo, o teu sorriso...

O teu olhar, sempre gentil,
Me olha agora o tempo todo,
E seu eu quiser privacidade,
Jogo meu véu sobre o teu rosto.

Ah, e as lembranças que ficaram
São as mais belas e queridas...
Canonizei-te em minha mente,
És o retrato mais perfeito...

Descansa em paz em minha estante,
Solta o fantasma pela casa...
Estás agora mais presente
Do que em vida, jamais foste!






15 comentários:

  1. Linda foto que te acompanha!! Presença marcante na vida!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Amiga Ana, linda foto, sempre temos a consolação de ter uma foto para matar a saudade, mesmo que a imagem jamais saia de nossas mentes e corações, sim, assim como escrevestes em versos lindos, os entes queridos que se foram ficam mesmo canonizados!
    Abraços minha linda amiga, tenhas um lindo dia!

    ResponderExcluir
  3. linda homenagem ... tenho uma foto similar de meu pai ... saudades eternas ...

    ResponderExcluir
  4. A foto é a recordação em belos versos de linda homenagem,
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Através da foto conseguimos atenuar a saudade.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. A saudade que a foto trás , não consola que a sente.
    bjs

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá Ana, e que tudo esteja bem!

    Uma bela homenagem a alguém que ainda que não mais presente, jamais deixará de ocupar o lugar de sempre em nossas lembranças, e quando observamos uma imagem eternizada, não tem como não sentir intensa saudade. Obrigado por compartilhar, pela amizade e gentis visitas também!

    E as sim eu grato desejo que você seja sempre tão feliz em tu intenso viver, um grande abraço e, até mais!

    ResponderExcluir
  8. Que poema lindo! Ah, a saudade. Por vezes ela é tão esclarecedora quando jogada sob sentimentos concretos, porém abstratos, e em outroras ela é a única companhia que se tem daquilo que a gerou.

    Abraço!
    http://disturbiossobrios.com

    ResponderExcluir
  9. Um poema a alguém que deixou uma saudade muito grande.
    Nestas situações falham as palavras.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  10. Ana, lindo poema de alguém que deixou muita saudades! Adoro essas fotos antigas!
    Bjs
    Amara

    ResponderExcluir
  11. Belo poema, Ana, bela homenagem. Obrigada pelas visitas e comentários lá no Bluemaedel. Eu respondo por lá, para manter junto o que se relaciona. Estive no Nada a Dizer, mas nada disse, digo aqui: ficou bonito, parabéns! Abraços e adorei a foto do fundo, até!

    ResponderExcluir
  12. para alguém que deixou saudade, e que ainda se mantém em retrato bem visível...

    :(

    ResponderExcluir
  13. As lembranças nem precisam do retrato para se instalarem. Nele, porém, o tempo não passou e a vida se apresenta como se ainda existisse. Bjs.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Exageros

    Assisti a um vídeo na internet no qual uma drag queen montada dava palestras em uma escola para crianças que, aparentemente, t...