quinta-feira, 19 de setembro de 2013

PAZ






PAZ


Minhas mãos desenham silêncios,
Pingam sorrisos dos meus dedos,
Caem sobre as pétalas.

Horas marcadas, incertas,
E já nem me importa
Qual o destino que descansa
Além das portas...


Tenho  a mim mesma,
Tenho as maçãs e as cerejas,
Raios de sol tingem de ouro
As poças d'água.

E alguém passa, do outro lado,
Pisando silenciosamente...
Alguém suspira, estanca o passo
Por um momento, 
E segue em frente...




4 comentários:

  1. Bela poesia, e bela foto,
    é o que desejamos e precisamos.

    tenha um bom fim de semana.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. A Paz descrita poeticamente por você Ana , me faz lembrar a música do Gil : " A Paz invadiu o meu coração ... Lindo ! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi minha amiga, saudade de tuas letras. Que bom vir aqui depois de tanto tempo e contemplar imagem e versos numa conjunção perfeita.
    Adooooro!!

    beijo de saudade

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

O que Tem na Sua Playlist? Uma Interação

Inspirada por um comentário de paulo Bratz a um de meus posts, que fala sobre um aparelho de som que comprei na Black Friday,...