domingo, 30 de junho de 2013

Coincidência?...



Quando minha mãe estava no hospital, em seus últimos dias, eu chegava junto à cabeceira de sua cama, e embora soubesse ser improvável que ela me ouvisse, eu conversava com ela. Nos dois últimos dias - quando eu realmente percebi que ela não sairia de lá - eu pedi-lhe que, se houvesse alguma coisa 'do outro lado', ela desse um jeitinho de me avisar, me mandasse algum recado, sei lá.

Bem, na última sexta-feira, durante minha sessão de acupuntura (as luzes são apagadas, ouve-se barulhinho de uma fonte de água e música suave, pois a terapeuta cria um ambiente propício ao relaxamento) acabei adormecendo. Não a vi, mas ouvi a voz dela me dizendo: "Leia o salmo 23." Foi rápido. Durou menos que cinco segundos.

Cheguei em casa, e abri a Bíblia que ela me deu há muitos anos, e estava escrito (ela tinha marcado a passagem com um 'x' e o número '1', não sei o motivo:



Salmo 23


"O Senhor é meu pastor, nada me faltará.
Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.

Refrigera a minha alma.; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.

Ainda que eu ande pelas sombras do Vale da Morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam

Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.

Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias."


A última frase foi a que fez mais sentido: "E habitarei na casa do Senhor por longos dias."



6 comentários:

  1. Arrepiei aqui! Emocionante! Esse salmo é lindo também! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. maravilhosa coincidência... Só pode ser coisa de Deus...

    ResponderExcluir
  3. Olá!Boa tarde
    Ana
    ... creio que há mais mistérios entre os planos existenciais do que podemos entender com o nosso racionalismo,sempre direcionado ao materialismo...
    Gostei de reler o salmo 23.
    Obrigado pelo carinho da visita
    Belo domingo e início de semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ana,

    Nosso coração está sempre ouvindo as palavras de quem amamos, numa espécie de consolo para os dias de saudade. Arrepiei, não creio que tenha sido coincidência. Gr. Bj. e uma semana abençoada pra ti!

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana
    Nossa! Concordo com a Chica, realmente emocionante! Quase chorei! O salmo 23 é um bálsamo para alma mesmo!
    Bjos.
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá amiga, passei para deixar um abraço
    E este lindo pensamento que uma amiga deixou no comentário e que nos ensina uma grade lição.
    “Sejamos como os girasois,
    que para sobreviver e permanecerem
    belos precisam da luz e do calor do sol.
    Por isso estão sempre voltados prá essa luz
    infinita vinda dos céus, enviada pelo Criador.
    Busquemos este sol para nossas vidas, essa
    luz celestial, a fim de povoá-la de alegrias,
    esperança e fé. E, como pequeninos sóis,
    possamos transmitir essa luminosidade
    aos nossos irmãos,levando-lhes ao
    coração alegrias e gratidão ao Pai
    pelo Milagre da Vida”.
    Uma abençoada noite e um início de semana na paz de Deus.
    Abraços Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

É QUE ÀS VEZES, O ADEUS PESA...

Não, não pude olhar para trás,  Atravessar aquela rua, Ir ao pé da tua janela E me despedir. Não, eu  não pude hes...