Sentir




Deixe
Que a vida te toque,
Te construa,
Destrua,
Reconstrua!

Vai ser bom,
E vai doer,
Fazer rir,
Fazer morrer...

Deixe
Que te chegue
A emoção,
Seja qual for,

Sinta
O toque da vida
De prazer
Ou de dor!

Exponha a pele,
Fale do medo,
Viva o amor,
Desmistifique
A vergonha de sentir!

Deixe
Que a vida te toque,
E sinta
O toque da vida,
Ou serás pedra,
E não flor!

*


Comentários

  1. Lindo... quero ser flor e não pedra. Que os golpes da vida quebrem a casa e se revele o que vai por dentro... Abraços sempre afetuosos. Fábio.

    ResponderExcluir
  2. O que conta é viver e reviver!!!

    Lindos versos!!!

    bsjMeus
    CAtita

    ResponderExcluir
  3. Precioso poema que retrata a coragem de sentir e ousar!
    Beijos,
    Martha

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana!! Obrigada pela visita. Como sempre vir aqui é maravilhoso!! Amei esta poesia. "Sinta o toque da vida"... quandas vezes a vida passa por nós e não sentimos que viviemos. Ela é muito curta, temos que sentir este toque, deixar que ela que ela nos inuda de emoções, mas para isto temos que ter coragem, fugir dos medos.
    Uma linda noite, que o amor do Menino Jesus habite nos nossos corações, hoje e sempre.Bjus

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Ana
    ...quando as lutas que a vida lhe oferecer forem duras, como pedras, suavize-as, como a beleza das flores.. Não aumente sua dureza tornando-se pessimista ou deixando que sua fortaleza decaia...
    Obrigado!
    Ótima quinta feira!
    Beijos
    ClicAki Blog(IN)FELIZ

    ResponderExcluir
  6. Esconder sentimentos não faz da vida um caminho. São mais felizes os que demonstram, sem pudor, as suas emoções. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Esconder emoções não nos permite uma perfeita integração com os demais. Não há humilhação na demonstração de sentimentos. Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Maravilha de mensagem,resumindo só uma palavra VIVA A VIDA.
    Gostei Ana,foi bom passar aqui.Bjus\Flor.

    ResponderExcluir
  9. Valeu passar aqui.Boa mensagem..Basta somente VIVER.Bjus\Flor*

    ResponderExcluir
  10. Olá Ana. Sou a Zizi do Bloguinho da Zizi. Venho agradecer sua visita no Em Flor e Essência que é tocado pela Selminha. Como ela não tem muito tempo para visitas faço as vezes dela com muito carinho. Gostei muito do teu blog, da tua inspiração. Vamos te seguir para sentir melhor tudo o que vc tem a nos oferecer. Nosso carinho e nossa gratidão. Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Admiravel, Ana.
    Neste viver e reviver da Vida, o que vale mesmo, é a Exaltação da Alma.
    estou grato por ter ido até o meu blogue e deixar um comentário. Eu, e, a Alma envaidecida agradecemos.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Muito bom!

    Sem se expor, correr riscos e desfrutar, a vida realmente não faz qualquer sentido...

    Sejamos flor, ainda que com seus inconvenientes...

    bjos

    ResponderExcluir
  13. Ana, que beleza de poema. Ele é tão lindo e tão profundo que é digno de releitura!
    Vc anda inspirada hein amiga?!

    Que imagem bela - amo a noite e o luar!

    bjs da Lu

    ResponderExcluir
  14. Olá Ana, e que tudo permaneça bem contigo!

    Concordo com este teu pensamento, Temos esta obrigação de viver sem medo de ser feliz!

    Belo poema e também deveras bela a imagem, parabéns pelo intenso bom gosto e, por compartilhar com os amigos tão belos escritos!

    Também agradeço pelas gentis visitas e comentários, assim, desejo que tenha em teu viver a felicidade intensa, em enorme abraço e, até mais!

    ResponderExcluir

  15. Olá Ana,

    Lindíssimo este seu poema.
    A vida só tem sentido quando a vivemos com a intensidade dos sentidos.
    Assim não corremos o risco de passar por ela simplesmente, sem viver.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  16. Sim, coragem sempre para enfrentar a vida, a luta... "mas sem perder a ternura..." como dizia Che.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

Doce de Abóbora

VIDA

Sentidos