quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Meu Lugar



Meu lugar e sempre
Onde eu esteja inteira,
Pode ser em casa,
Debaixo da tua asa,
Pode ser na beira
Da rua.

Depende
De como a alma sente...

Meu lugar será
Entre o sim e o não,
À beira da certeza,
Ou do meu fogão,
Atrás de uma porta,
De frente para o sol,
Assim,

Depende
Do que vai em mim.

Meu lugar é sempre
Entre a cruz e a espada,
O certo, o errado,
O tudo, o nada,
Passo sempre rente,
Ou quem sabe, ao largo...

Depende
Do tamanho do estrago...

Meu lugar é sempre
Onde quero estar...
Sei lá...
Só não fico onde
Você me puser...
Acredite...

Ou depende
De eu querer ficar.




3 comentários:

  1. "Pode ser em casa, debaixo da tua asa"
    Pra mim é esse o meu lugar.
    Addooooro ficar em casa, principalmente se meu marido estiver bem juntinho de mim. hehe

    bjs

    ResponderExcluir
  2. FORTE E BONITO, É COMO O "APENAS ONTEM..",SIGINIFICATIVO E QUE DEIXA SAUDADES, O ONTEM QUE FOI MUITO, SEM CERTO E ERRADO, OBEDIENTE AOS SENTIDOS,,ABRA. CELSO

    ResponderExcluir
  3. Quando nos sentimos satisfeitos e em paz, o lugar onde estivermos será sempre o que desejamos, por opção. Bjs.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

É QUE ÀS VEZES, O ADEUS PESA...

Não, não pude olhar para trás,  Atravessar aquela rua, Ir ao pé da tua janela E me despedir. Não, eu  não pude hes...