segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Choveu Muito!






Choveu muito, e por muito tempo
Como se o mundo chorasse todas as suas dores!
Enxurradas caudalosas formaram-se,
E correram como rios pelas calçadas,
Formando poças profundas de água (ou de lágrimas?)

Choveu muito, e tão intensamente,
Que as gotas faziam vibrar as vidraças!
E sobre o telhado, um tamborilar fremente,
Na grama encharcada, um pedaço de ninho...

Choveu muito, choveu a vida inteira,
Choveu bem intensa e pesadamente...
A mim, só restou ficar bem abrigada,
E aguardar que a chuva parasse de chorar, 
Pacientemente...

7 comentários:

  1. Bom dia minha querida !!!!!!!!!!!!!!!!
    Diante dos versos escritos vejo a grandeza do Pai ...
    bjssssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Uma abordagem interessante, parece brotar da alma...

    ResponderExcluir
  3. E por acaso, esse fim de semana choveu MESMO.

    Se é o choro do mundo, pelo menos quando passa, o mundo tem a alma lavada...

    bjos

    ResponderExcluir
  4. Tantos sentidos em torno do sentido. Sempre muito bom ler-te, Ana. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Ana!
    Lindo demais!Parabéns!
    ...é tão bom quando aos poucos as densas nuvens escuras que cobriam o céu estão se dissipando. E os dias chuvosos não são mais a rotina de quem espera.Aos dias de chuva, as escolhas: um bom guarda-chuva, o atrevimento de banhar-se em suas águas ou a espera pacientemente...
    Obrigado!
    Ótima semana!
    Beijos
    ClicAki Blog(IN)FELIZ

    ResponderExcluir
  6. A chuva parar de chorar??? Isso é muito lindo!!!!!!!!

    Adorei!

    bjsMeus
    Catia

    ResponderExcluir
  7. Belo texto!!! Parece que eu conseguia ver a chuva. Enquanto lia, parecia que eu estava lá.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

AMANHECEU

Amanheceu novamente Sobre as igrejas e telhados dos que ainda dormem E dos que jamais despertarão. Amanheceu sobre as p...