Música - Trilha Sonora da Vida






Quem não gosta de música?

Acho que as pessoas que não gostam de música, são como as que não gostam de animais: tem alguma coisa errada com elas... talvez não tenham ainda aprendido a desfrutar livremente do poder de  sua sensibilidade. Quem sabe?

Para mim, música é muito importante, e posso dizer que aprecio quase todos os estilos de música, desde a clássica , passando pela MPB, dando uma paradinha no estilo Disco, fazendo uma longa estadia no Rock e no Hip Hop e passando férias em vários outros estilos. Acho que música ruim é aquela que é tocada na hora errada, na ocasião errada (bem, isso não vale para o Funk, que em minha opinião, será sempre a música errada, na hora e local errados...).

Confesso que tenho um ouvido bom para música, embora eu não entenda de música nem saiba ler partituras. E dizem que tenho uma voz boa quando canto.  

Quando eu e meu marido viajamos para Visconde de Mauá, descobrimos um barzinho temático cuja música ambiente é toda tirada de discos de vinil. Há vinis espalhados pela parede, e a decoração é toda sobre este tema. O cliente pode escolher a música que deseja ouvir, e é claro, foi um excelente lugar para matarmos as saudades de algumas velhas canções!

A música tem um poder muito grande: ela pode elevar os pensamentos e criar um ambiente de paz e tranquilidade, alegrar uma casa ou uma festa, ou até mesmo, incitar a violência. Por isso, não gosto de funk. 

A música fala bem junto da alma de quem a escuta. Conta estórias, convida a partilhar pedaços de vida, faz rir e chorar. Mas a melhor música, é aquela que consegue chegar naqueles pontos escuros que todo mundo tem dentro de si, pontos escondidos, trazendo-os à luz, ressucitando -lhes a beleza. Este tipo de música pode salvar-nos. Aconselho a qualquer pessoa que esteja de mal com a vida a ouvir um pouco de música.

Comentários

  1. Também amo ouvir música. Tenho um grande desejo de, um dia, aprender a tocar algum instrumento. Concordo quando você diz que a música pode acalmar. Quando estou muito nervosa e as coisas começam a dar errado, justamente pelo meu nervosismo, começo a cantarolar "Então minh'alma canta a Ti, Senhor, quão grande és Tu, quão grande és Tu..."
    Essa música é quase um mantra pra mim, pois entrego meus problemas à grandiosidade de Deus.

    Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

Doce de Abóbora

Sentidos

VIDA