Medo de Morrer






Minha mãe, de 85 anos de idade, precisa operar a vesícula com urgência. Conversando com ela hoje de manhã ao telefone, deu-se o seguinte diálogo:

-Eu estou com medo de morrer...
-Mas por que, mãe? Você só vai operar a vesícula, é algo simples...
-É... mas eu tenho medo. Será que dói?
- Não sei, mãe. Acho que depende.
-E eu já estou muito velha mesmo... acho que vou morrer.
-Mãe, essa coisa de ser velha não quer dizer nada. O Ricardo (meu sobrinho, neto dela) só tinha 24 anos, e morreu.
-Pois é... tadinho...
-E vesícula é uma cirurgia simples, você já vai para casa no dia seguinte.
-E pensando bem, se eu morrer eu nem vou sentir! Vou estar anestesiada.
-É. Se você morrer, vai ser assim: você vai acordar e dizer: "Ih! Morri!"

Ela dá uma gargalhada.

Mas eu espero que ela viva.

Comentários

  1. Seu com é isto Ana.Vesícula é feita apenas por 3furinhos na barriga ,não é corte.E volta no mesmo dia.Mamãe a minha 87anos,mora lá na casa Lar Naturalis,estava de pé conversando com o pessoal,de repente caiu no chão.Levaram-na para o hospital e as pressas teve que fazer uma cirurgia na perna junção com o quadril-femur..e vc vê sem esperar.Por osteoporose,a perna quebrou sozinha e ela foi ao chão.Cada coisa néh?amiga,mas Deus está juntto de sua mamãe.Diga isto a Ela ,Deus que vai guiar as mãos do médico.Bjus\duplos\Flor*

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ana! Eu acho hoje que o medo de morrer faz parte de um estado de felicidade. Pode parecer,a princípio contraditório, mas já explico. Até muito pouco tempo atras, minha vida estava tão esquisita, ruim, complicada, que eu havia perdido completamente o medo da morte. Não cheguei a desejá-la urgente, mas também não descartava a hipótese dela ser bem vinda. De uns seis meses prá cá, estou tão feliz que quero-a longe de mim por muito tempo.rsrs. Vida longa e muita saúde para a sua mãe. Abraço grande. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  3. Que lindo esse diálogo. Com certeza ela se sentiu mais leve e preparada para enfrentar a cirurgia. Bom ter uma palavra assim de alguém que a gente ama. Linda a imagem Ana. Bjss

    ResponderExcluir
  4. Sua mãe não vai morrer em razão dessa cirurgia. Todos vamos morrer um dia, mas ela não terá esse desfecho agora. Por quê? A sonora gragalhada dela deu o sinal, e desculpe, eu, como dizem amigos, sou "antema", Abraço. Celso

    ResponderExcluir
  5. Ela va VIVER, Ana!.

    As pessoas com mais idade sentem mais medo, mesmo. Com meus pais também é assim.

    Diga a ela que uma amiga sua,(eu), rs deseja a ela uma cirurgia de sucesso e que essa operação hoje é muito simples. E quando ela acordar, estará livre desse incômodo.

    Muita saúde pra ela, viu miga e que Deus a acompanhe na cirurgia.
    bjs pras duas!
    Lu

    ResponderExcluir
  6. rsrsr, tadinha, Ana!
    Que Deus esteja ao lado dela nesse momento e não deixe nada acontecer.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Querida,


    Ela vai viver e dará ainda muitas gargalhadas....

    *na torcida
    *CAtita

    ResponderExcluir
  8. Olá!Boa noite!
    Ana...
    Tudo bem?
    ...só você mesma!risos...tadinha da sua vesícula, ops, mãe!
    Deus conosco!Amém!
    Ótima semana!
    Beijos
    ClicAki Blog(IN)FELIZ

    ResponderExcluir
  9. Oh, Aninha, meu amor, estes sentimentos são comuns, mas, vou rezar para ela, viu?
    Beijos no seu coração,
    Martha

    ResponderExcluir
  10. Eu (Bárbara) com 15 anos também tive medo de morrer, ano passado quando tive apendicite e precisei operar com urgência.
    Eu sendo levada para a sala de cirurgia e minha mãe falando: "Calma filha, vai dar tudo certo. Deus está com você".
    Deus também está com sua mãe e a cirurgia será um sucesso!!!
    Bjs.


    ResponderExcluir
  11. Minha mãe está com 86 anos e também tem medo de morrer. Já passou por essa cirurgia e, na época, os médicos perceberam que havia inflamação, a exigir corte. Só na mesa de operações viram isso. Mas ela passou bem, graças a Deus. Sua mãe vai "tirar de letra". Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Ter receio de partir é normal minha amiga, principalmente, quando a pessoa tem mais idade, fica mais sensível e frágil, mas tenho certeza que tudo irá correr bem,ou correu bem, estou atrasada então a operação já pode ter acontecido, manda notícias, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  13. Olá Ana,
    Tenho sentido e gostado da sua presença no meu blog.
    Espero que tudo corra pelo melhor com a sua mãe. Mãe é mãe e não tem idade e essa capacidade de rir, mesmo do que nos mete medo, ajuda a espantar o medo e levar a vida com mais leveza.
    Andei aqui passeando pelo seu blog e vi que tem estado virada para a poesia. Gosto. Vamos escrevendo conforme o coração nos fala. Uns dias em prosa, outros em poesia. Mas o certo é que de alguma forma temos que deixar sair o que nos vai na alma.
    Acho que somos umas sortudas, pois aqueles que guardam tudo para si próprios, sofrem mais e divertem-se menos, pois, de alguma forma, estão sempre mais sozinhos.
    Nestes últimos tempos, tenho andado meio triste, pois tenho-me vindo a preparar para uma muito triste despedida. A filha de uma "sobrinha" (emprestada) vai partir, tem apenas 4 anos e nestes últimos 2 anos, da sua curta vida, tem lutado desesperadamente para sobreviver. Agora está na reta final e toda uma família (todos meus amigos do coração) vão ter que enfrentar uma das situações mais cruéis que alguém pode viver.
    Escrevi um conto sobre ela que só publicarei depois da sua partida. Escrevi para ela, mas também para toda a família e, particularmente, para a irmã que tem 7 anos. Enviei o conto para a minha "sobrinha", pois pensei que talvez a pudesse ajudar, principalmente, para que, caso o entenda, possa utilizá-lo para tentar explicar à filha mais velha, o inexplicável. Não sei se consegui ajudar. Não existem palavras para este tipo de situações. Seja o que for que digamos, parece sempre demais ou com falta de sentido.
    Quando ler o conto perceberá.... Aquela é única forma que consigo encontrar para aceitar o inaceitável.
    Fique bem. Abraço

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

Doce de Abóbora

VIDA

Sentidos