domingo, 14 de outubro de 2012

Soldadinho de Chumbo







Soldadinho de Chumbo


Soldadinho de chumbo,
Quem te pôs no mundo?
Por que tão pequeno,
Por que tão pesado,
Soldado de chumbo?
Quem te fez tão duro,
Te pôs nas fileiras,
Soldado de chumbo?
Quem cavou trincheiras?
Quem se ri de ti,
Quem que te fez tão mau
Quem te fez tão triste?
Vê se não desiste, soldado ignóbil!
Encosta no ombro
O cano da arma
Não foge à batalha!
Ao final do dia,
Soldado de chumbo,
Faz tua elegia,
Que existe no céu
Alguém que te guia (?)
Soldadinho torto,
Quem te deu à luz,
Quem te quer tão morto?
Alguém te fez duro,
Rígido e pequeno,
Te pôs nas fileiras,
Cavou-te as trincheiras
E agora, afinal
Te derrete aos poucos...
Pra quê tudo isso, soldado de chumbo?
Pra onde tu vais?...

Um comentário:

  1. Taí um bichinho que nunca vi pessoalmente, mas bem falado no meu imaginário infantil.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

AMANHECEU

Amanheceu novamente Sobre as igrejas e telhados dos que ainda dormem E dos que jamais despertarão. Amanheceu sobre as p...