sábado, 27 de outubro de 2012

Mulher de Mil Nomes





Mulher de mil nomes,
Um só coração
Tão grande, que cabe o mundo,
Com todo o seu desespero...


Aparecida, Lourdes, Fátima,
Desatadora dos Nós, Das Graças,
Do Perpétuo Socorro, Das Dores,
Da esperança de cada um...



Nossa Senhora, Maria,
Antes de de tudo, mulher
Que sofreu a pior dor,
De ver morrer seu próprio Filho...



Talvez por isso, compreenda
As dores de outras mães
Que a ela recorrem, pedindo
A cura de seus próprios filhos.




Mulher de mil nomes,
E um só coração,
Junto-me a todos os romeiros
E a todas as mães 
Pedindo-lhe uma graça...



2 comentários:

  1. Bravo.Merecidamente esta poesia vestida de verdades e admiração.Mãe,Maria,teu nome principia em minha mão.Sempre te lembrarei com devoção(música).Valeu por compartilhar Ana.Eu Amei.Bjus\Flor*

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso....sempre criativo....e talentoso seus textos... abraços...

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

A Minha Vida

Parada na esquina De pé,  Mas cansada, A bolsa jogada nos ombros Pronta para a viagem Há tempos planejada. And...