TU ME SONHAS





Tu me sonhas, e eu te surjo
Das espumas de um mar turvo
Eu venho nos braços das ondas
Nos cabelos de Netuno.

Tu me sonhas, e eu te chego
Num arremedo de riso
Desmanchada numa concha
Que tu levas aos ouvidos.

Tu me sonhas, e eu te venho
Das profundezas do mar
No cenho da tua memória...
Histórias que queres lembrar.

Tu me sonhas, e eu te esqueço
Amanheço em tua fronha
Sou aquela que tu sonhas
Renegando, ao despertar.




Comentários

  1. Olá amiga Ana, que poesia linda gostei, muito melódica, parabéns!
    http://jostlypoet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Tu me sonhas é maravilhoso.
    Gostei muito,amiga.
    Desejo que esteja bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Ana. Que maravilha essa criação poética sua, adorei!
    Você sempre encantadora e perfeita!
    Não preciso mais acrescentar nada!
    Beijos na alma e lindo fim de semana!

    ResponderExcluir
  4. Maravilha de jogo com as palavras,sonoridade e beleza poetica para aplausos.
    Que bom ler uma inspiração/construção tão linda.
    Abraços e belos passeios pelos seus rastros e espaços.
    Bom domingo Ana.

    ResponderExcluir
  5. Desmanchada numa concha...lindo isso,Ana! Maravilhosa poesia! bjs e bom domingo,

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

Doce de Abóbora

VIDA

Sentidos