Morrer Todos os Dias






...E quem não morre todos os dias,
E não renasce, todos os dias,
Carrega consigo o cheiro do corte,
Profundo, negro e purulento,

Os pelos do mofo esverdeado
O odor nauseabundo e forte
Da Senhora Dona Morte.




Comentários

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

Doce de Abóbora

VIDA

Sentidos