terça-feira, 22 de julho de 2014

Incerteza




Na boca, um riso guardado
Voando sobre as planícies,
Pairando azul sobre os prados.

No coração, o silêncio
Descansando no perfume
Macio dos musgos e cravos.

No olhar, tantas paisagens
Guardadas no coração
Durante a sua viagem...

E na alma, a incerteza
Bordando o pano da vida
De magia e de beleza.



6 comentários:

  1. Leve lindo, toda vez que te visito, minha alma sai bem mais rica.Imagens, textos ,enfim uma Poeta completa.Mostro suas poesias em casa para minha filha, ela escreve também, porque as acho ricas de mensagens. Te desejo, muito sucesso, e sei que ele vai te chegar. Porque você é uma escritora completa Parabens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Maria Aparecida! Tenho tido algumas dificuldades com minha internet, e os blogs demoram mais a abrir, mas assim que eu conseguir normalizar isso, voltarei a ler e comentar a todos. Abraços!

      Excluir
  2. Diante das incertezas da vida precisamos viver com mais Fé e Amor


    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Lindo Ana, e são estas incertezas que nos causam aquela ansiedade gostosa que nos incentiva a seguir em frente, bjos Luconi

    ResponderExcluir

  4. Lindíssimo poema, Ana.
    Adorei a leveza e a suavidade dos versos e da inspiração. Parabéns!

    Grata pelo seu apoio, conforto e carinho.

    Beijo.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

IDADE

UMA BRINCADEIRA - MAS UMA BRINCADEIRA SÉRIA! IDADE A idade  tocou-me no ombro,  Perguntando: “Quem é você?” ...