sábado, 12 de julho de 2014

Ilusão





A ilusão
Tem voz tão doce,
Tez  perfumada,
Olhares lânguidos,
Suaves palavras...

A ilusão
Tem passos leves,
Brilho de estrela
Quase apagada,
Rosto de santa,
Mas dedos agudos...

E as mãos pesadas...



5 comentários:

  1. Bom dia Ana
    Uma magnífica descrição da ilusão em versos magistralmente construídos
    Beijos e um ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  2. Bom dia linda amiga!
    A ilusão é tudo isso, portanto escolhemos se queremos viver iludidos!
    Só não se desilude quem não se ilude!
    Amei ler aqui!
    Abraços apertados e um bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana!
    Nossa, que lindo poema. Daqueles que temos que ler e reler para deixar fluir as idéias!
    Gosto disso!

    Um beijão e tenha uma linda semana.

    ResponderExcluir
  4. E que venha as mãos pesadas o quanto antes ,
    para que a ilusão se vá rapidamente.
    bjs
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

É QUE ÀS VEZES, O ADEUS PESA...

Não, não pude olhar para trás,  Atravessar aquela rua, Ir ao pé da tua janela E me despedir. Não, eu  não pude hes...