quinta-feira, 21 de agosto de 2014

LUA EM LIBRA




Me parece
Que a lua está em libra,
E quando isto acontece,
As urtigas semeadas
Nos jardins alheios
São transplantadas
Por seus próprios jardineiros,
E viçosas, crescem
E se multiplicam
Nos próprios jardins
De quem as plantou.

Quem não as plantou,
Agradece.



4 comentários:

  1. Não entendo muito de lua, mas sou fascinada por sua beleza.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Amiga Ana, ainda bem que as urtigas crescem viçosas nos jardins de quem as plantou!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Gostei da Ana da imagem e este poema do revés.
    Oxalá nunca floresça em nosso jardim onde reina a bondade e a paz.
    Meu carinhoso abraço.
    Lindo fim de semana com alegria e poesia.
    Hoje senti saudades dos Cavaleiros do Apocalipse.rsrs.

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana, ainda bem que a lua atua em defesa daqueles que não semeiam a discórdia, mantendo-nos livres de pragas tão más. Abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Exageros

    Assisti a um vídeo na internet no qual uma drag queen montada dava palestras em uma escola para crianças que, aparentemente, t...