sábado, 31 de maio de 2014

Dói a Garganta




Dói demais minha garganta
Pelo grito sufocado, 
Aquilo que não falei,
Aquilo que foi calado.

Arranha-se, lanha-se em espinhos
O céu negro da minha boca
Onde nuvens de enxofre
Escurecem os meus dentes.

É preciso abrir a boca,
Soltar essa minha voz rouca
Dizer o que for preciso...

Deixar a palavra louca
Ganhar os moucos ouvidos
Que ainda estão dormentes.



5 comentários:

  1. Sufocarmos algo que não nos faz bem só dói mesmo. É preciso nem que seja um sussurro para que as coisas amenizem. Beijinhos minha querida!

    ResponderExcluir
  2. Solto a voz nas estradas, já não quero parar
    Meu caminho é de pedras, como posso sonhar
    Sonho feito de brisa, vento vem terminar
    Vou fechar o meu pranto, vou querer me matar ...

    ResponderExcluir

  3. Olá Boa noite!
    Primeiro lugar, linda poesia, quando o grito é sufocado, dói no coração, temo que soltar a voz. Amiga, grata pela vista que adoro, desculpe a minha ausência, alguns fatores contribuem para a minha demorar nas visitas. Por exemplo a minha net, anda péssima, já tentei descobrir até santos protetores da net e não é que me enviarão KkkKk, período de provas, o reumatismo me atacando, com a idade só complica, cheguei a pensar em parar por um tempo com os blogs. Entro no face, mas quando está lenta nos blogs não consigo. Como não desisto fácil, e quando ela melhora, estou aqui,reúno forças, supero as dores na coluna e mesmo com o comentário colado passo para deixar o meu carinho e agradecimento.
    Deixo este pensamento de Vinícius de Moraes
    “Preencha o arco íris da sua alma com sua cor favorita,
    feche os olhos e sinta a batida da vida, sinta o ritmo do
    que transborda o teu sorriso, seja dona do seu próprio
    paraíso, feche os olhos e permita-se entrar no melhor
    lugar que existe dentro de você. Vinícius de Moraes “
    Abraços, fica na paz de Deus, uma linda noite e um amanhecer abençoado.

    ResponderExcluir
  4. Aquilo que não falamos, dói sim não só na garganta como também no peito, mas às vezes minha amiga calar foi a melhor opção, às vezes quem tinha que ouvir preparado não estava, não ia entender e percebendo isto calamos, para não magoar, para não sermos magoadas, beijos em teu coração Luconi

    ResponderExcluir
  5. Incomodam-nos as palavras não ditas, pois ficam armazenadas no coração, ansiando por liberdade. Sufocam-nos por longo tempo. Bjs.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Preciso de um Chão

Preciso de um chão firme, Que me dê segurança Para deixar a cabeça nas nuvens Sem medo de tropeçar. Preciso de um chão ...